Pessoas inspiradoras

Lavrador devolve carteira de PM com mais de R$ 3 mil e é elogiado: “Exemplo de ser humano”

Um grande exemplo de honestidade em tempos tão difíceis. Entenda a história!



A honestidade é uma das maiores marcas de caráter de uma pessoa. Nos momentos em que somos apresentados a situações tentadoras, é ela que nos mantém firmes em nossos princípios e não permite que recompensas momentâneas destruam a reputação de uma vida.

Em nosso dia a dia, podemos testemunhar diversos atos de honestidade vindos das mais diferentes pessoas, mas alguns em especial nos tocam verdadeiramente, por perceber que os praticantes possuem corações de ouro e valorizam o que é certo acima das próprias necessidades.

Quando somos nós os beneficiados por gestos de bom caráter de outras pessoas, nós nos sentimos abençoados e inspirados. Recentemente, um policial do Maranhão teve uma experiência muito positiva após um grande susto.


Segundo contado pelo G1, o policial Aurino Ribeiro deixou cair sua bolsa na zona rural de Guimarães, quando foi fazer o pagamento de um gado. Dentro da bolsa estava uma carteira com R$ 3.800, cartão de crédito e vários documentos.

Aurino contou que esse era um dinheiro muito importante. Ele poderia nunca mais ter visto a bolsa, se ela tivesse sido encontrada por outra pessoa, no entanto, ela foi parar nas mãos do lavrador Laudenir Sales, de 47 anos.

Por volta das 7h30 da manhã, ele encontrou a bolsa no chão e não pensou duas vezes em descobrir quem era o seu dono. Depois de procurar na região e não encontrá-lo, ele a levou para casa, mas logo falou com a rádio comunitária local para anunciar que a bolsa havia sido encontrada.

Com o apoio da rádio, na tarde do mesmo dia, a notícia chegou ao policial, que logo se dirigiu ao local para recuperar seus pertences. Aurino disse que Laudenir chorou quando ele chegou e que agradeceu muito ao lavrador.


O policial chegou a oferecer ajuda ao homem, mas ele não o aceitou. Laudenir disse que precisa do dinheiro e que ele seria importante, mas que naquele momento “Jesus o tocou” para devolver a bolsa ao verdadeiro dono. Para Aurino, o desconhecido é um “grande exemplo de ser humano”.

É muito bacana saber de atitudes como essa porque, além de renovar a nossa fé na humanidade, ela nos inspira a também conservarmos sempre a humildade, pois ela é muito mais valiosa do que qualquer bem material. Parabéns a Laudenir!

Policial doou comida e roupas a família que passou a viver na rua por conta da pandemia!

Artigo Anterior

Contra a vontade da família, Gloria Pires assume cabelos brancos e diz sentir-se “empoderada”!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.