4min. de leitura

Lembre-se: O tempo não é nosso, e sim, de Deus.

O tempo não é nosso, e sim, de Deus.

Tem gente deixando para amanhã ou depois aquele abraço que é preciso dar hoje. Tem gente deixando o tempo passar para tentar perdoar aquele sentimento mal definido no peito.


O que vejo é muita gente partir. Vejo pessoas adoecerem, de repente, e serem diagnosticadas com doenças, muitas vezes, sem cura.

Assusto-me com a violência que assola nosso país.

Sinto no olhar e na alma a perda de jovens que saem e não voltam mais pra casa. Jovens que perdem suas vidas por conta de um celular, por conta da maldade de gente sem coração.


Mulheres são espancadas até à morte, só porque não querem mais um relacionamento doentio. Muitas perdem sonhos, juventude e um novo sentido de reconstruir a vida.

Essas pessoas egoístas e obsessivas não deixam. Não se satisfazem com a felicidade de ninguém. Não percebem que ninguém é posse e que cada um tem o direito de refazer sua vida.

Vejo muita maldade, muito trabalhador de família que sai para ganhar o pão e também, muitas vezes, não volta por conta de gente que não quer trabalhar, mas quer roubar e matar.


Quando meus filhos saem eu peço a Deus que os proteja. Porque da porta para fora eu não tenho como intervir. Mas peço que eles sejam protegidos e que voltem bem.

Na verdade nós nunca sabemos o que irá acontecer no próximo segundo, no próximo minuto de nossas vidas. De repente, estamos aqui; de repente, não estamos mais.

E você imagina muitas coisas. Coisas que passam feito um filme pela sua cabeça.
E aí você pensa: Deveria ter feito mais, deveria ter dito aquilo, deveria ter esquecido, deveria ter amado mais.

No fim, é como se você estivesse sempre em débito com as pessoas e a vida.

Hoje eu abri a janela e consegui viver. Mas sei que cada um tem seu tempo aqui. Cada um parte terminando sua missão terrena. Por isso eu me empenho em melhorar minha condição aqui na terra.

Ainda preciso aprender muito, mas estou agindo mais. Estou me dedicando mais.

Quando meu pai foi devastado por um câncer eu me preparei para sua partida, mas, muitas vezes, não a aceitei. Eu gostaria que ele permanecesse por aqui mais uns bons anos e aproveitasse sua velhice como gostaria de fazer.

Assim são todos os dias. Pessoas que perdem entes queridos, pessoas que perdem filhos, esposas, pais, mães. Perdem pedaços que nunca mais serão recolocados, mas serão sempre lembrados com saudade e amor.

Todos os dias nós nos deparamos com a perda de alguém. E a gente sabe que também já sentiu na pele, vivendo o próprio luto.

Por isso, melhor não se atrasar tanto, não remoer tanto o passado ou carregar aquela mágoa que já está aí fazendo aniversário no peito.

Nunca sabemos quando será o último olhar, o último até breve.

Lembre-se: O tempo não é nosso, e sim, de Deus.

_____________

Direitos autorais da imagem de capa: fotomaximum / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.