Pessoas inspiradoras

Lição de honestidade: 115 clientes retornam a restaurante para pagar conta depois de apagão em SC

Capa Licao de honestidade 115 clientes retornam a restaurante para pagar conta apos apagao em SC
Comente!

O lindo gesto reacendeu a esperança no coração de quem não acreditava mais que existia honestidade nas pessoas.

Clientes de um restaurante na cidade de Blumenau, no Sul do Brasil, deram uma prova de que ainda é possível ter fé na humanidade.

Inaugurado em outubro de 2021, o restaurante “Norden” estava cheio na noite de 8 de dezembro, uma quarta-feira típica quando, por volta das 22h, um problema na subestação de energia da Usina do Salto deixou o estabelecimento – e outras 23 mil unidades consumidoras da cidade – no escuro.

O apagão geral derrubou também o sistema de cobrança do restaurante. Sem ter como calcular as comandas e receber por elas, os funcionários do estabelecimento foram orientados a dar um voto de confiança à honestidade de seus clientes da noite.

Os clientes que passavam pelo caixa eram informados do problema e convidados a fornecer o número do celular. A conta, acompanhada do cupom fiscal, seria enviada no dia seguinte pelo aplicativo de mensagens WhatsApp com a condição de que o pagamento fosse feito via pix, uma transferência instantânea digital de dinheiro para qualquer banco no país, cujos valores são debitados na hora.

Quando caiu a energia, 122 pessoas estavam no restaurante, ou seja, era uma noite movimentada para o estabelecimento. Todas saíram sem pagar a conta, o que pode causar uma aflição a quem lê sobre esta história e insegurança para quem estava trabalhando no restaurante. Os desonestos de plantão poderiam muito bem fornecer um número aleatório de celular, que não funcionasse ou nem existisse para não serem rastreados, ou simplesmente ignorar a cobrança a posteriori.

O risco de calote e prejuízo era muito alto e iminente. A história, no entanto, teve final feliz. Ao que tudo indica, os bons ainda são maioria!

Até o fim da tarde da terça-feira seguinte ao fato, ou seja, quase uma semana depois do ocorrido, apenas sete dos 122 consumidores ainda não haviam acertado a dívida no restaurante. Segundo Julien Baier Gauche, um dos sócios do “Norden”, alguns clientes chegaram a voltar ao estabelecimento comercial só para pagar e deixar tudo às claras.

Conforme informações do portal de notícias local NSC Total, Gauche disse que sempre espera o melhor das pessoas, por isso não se surpreendeu com a grande quantidade de clientes que provaram ser honestos e íntegros, ou seja, 115 clientes que poderiam ter usado aquela situação como forma de comer de graça, causando prejuízo aos donos do restaurante e principalmente aos que trabalham duro na casa, escolheram a rota da verdade e acertaram os valores do que consumiram na noite do apagão.

Gauche disse que a situação foi uma prova para ele de que a humanidade ainda vale a pena e a honestidade deve prevalecer. Segundo explicou o empresário, todas as pessoas têm um lado bom e positivo, a capacidade de fazer o bem, só precisamos focar nessas qualidades e nos esforçar para fazê-las transparecer.

O restaurante “Norden” pretende fazer uma postagem de agradecimento aos clientes honestos nas redes sociais.

Quando a sociedade está contaminada por gente tentando tirar vantagem de tudo e de todos, até mesmo algo que deveria ser regra, como um exemplo de honestidade, merece gratidão. E é definitivamente digno de registro e compartilhamento.

Que histórias como essa se tornem cada vez mais comuns, pois é de honestidade que precisamos urgentemente como seres humanos.

Continuaremos noticiando casos tocantes como esse para inspirar mais pessoas a fazer o bem, mas nosso objetivo deve ser viver cada vez mais valorizando a verdade e a empatia, isso sim muda o mundo.

Comente!

Bailarina brasileira com deficiência fica em 2º lugar em concurso na Europa

Artigo Anterior

Whindersson Nunes faz nova tatuagem no pescoço

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.