Notícias

Líderes da igreja Renascer deletam fotos com Milton Ribeiro

Foto: Instagram
lideres

Estevam e Sônia Hernandes, os dois líderes da Igreja Renascer e TV Gospel, fizeram os funcionários fazerem uma limpa em todas as redes sociais pessoais, da igreja ou da emissora. Tudo que tinha Milton Ribeiro foi excluído.

O objetivo da varredura era claro: apagar todas as fotos ou postagens em que o casal de religiosos aparece confraternizando, agradecendo ou elogiando Milton Ribeiro, ex-ministro da Educação, que foi preso em uma operação da Polícia Federal por suspeita de corrupção no ministério em que ele estava a frente no governo Bolsonaro.

O caso provocou um enorme escândalo no governo de Jair Bolsonaro, principalmente porque áudios mostram que o presidente da República tentou interferir nas investigações.

Conteúdo com Milton apagado

O casal Hernandes agiu rápido porque eles provavelmente não querem ser vinculados a eventuais falcatruas.

Até mesmo reportagens dos sites da Renascer foram apagadas. Por exemplo, no dia 6 de junho passado, Milton Ribeiro foi recebido na sede da Renascer e aclamado por Estevam e Sônia, tratado como um grande político e fiel. As matérias foram deletadas.

Lado da igreja

A coluna de Ricardo Feltrin tentou localizar assessores dos líderes da igreja, para que comentem a retirada das fotos das redes sociais. A equipe de reportagem enviou mensagens para grupos e perfis da igreja, no entanto não obeteve resposta até o momento da publicação nesta segunda-feira, 27 de junho.