ColunistasReflexão

Livre arbítrio: o que seremos no futuro, cabe a nós escolher!

LIVRE ARBÍTRIO capa e foto 01

 Quando nascemos, já chegamos com um aplicativo previamente instalado chamado de Livre Arbítrio.



Você querendo ou não, ele vai estar sempre lá. Ele vem como um presente, assim como o coração que bate, e a família que nos acolhe. Lindo, não?!

Vamos entender melhor este aplicativo natural do ser humano:

Livre arbítrio


Possibilidade de decidir, escolher de acordo com a própria vontade, isenta de qualquer condicionamento, motivo ou causa determinante. (Wiktionary)

livre-arbitrio-capa-e-foto-01

Colocando de forma mais prática, você é responsável por todas as ações, reações, consequências e novos rumos gerados pelas suas escolhas.

Colocando de forma direta: Você escolheu estar onde está. Mas sem radicalismo, já chego nos fatores que podem influenciar a sua prática do livre arbítrio.


Ah, você não está onde queria?

Então, avalie o rumo a tomar e que ações praticar. O presente é injusto? Avalie suas ações e decisões do passado e os fatores que o influenciaram.  Afinal, nós construímos o nosso futuro, segundo a segundo.

Sorte, azar, destinos, predestinações, escolhas? Cabe a cada indivíduo acreditar no que quiser. Eu acredito na minha capacidade de escolha, no meu exercício diário do livre arbítrio. Prefiro me tornar responsável por tudo o que me diz respeito, das minhas alegrias, conquistas, tristezas e até fracassos.

Praticar o livre arbítrio é como gerir uma empresa.  O exercício e a pratica nos tornam melhores. Estes se somam às nossas vivências e experiências, consequentemente passamos a ter maior capacidade de tomada de decisão.


E assim, vamos alcançando nossas metas e trilhando nosso caminho.

Mas como toda gestão de empresa, fatores externos podem mudar completamente o rumo, e a decisão que até então ia ser tomada, precisa ser repensada:

– Fatores naturais como terremotos, uma geada, ou uma simples chuva… não estavam nos seus planos… muda tudo.

– Fatores econômicos e políticos… muito menos… a crise que nos assola estava longe dos planos dos brasileiros. Desemprego, falências, dividas…


– Fatores físicos, como o envelhecimento… você pode até se esforçar, mas a idade começa a te impor limites.

– Livre arbítrio de terceiros. Já pensou que seu livre arbítrio é totalmente vulnerável ao livre arbítrio dos outros?

livre-arbitrio-foto-02

Tomamos decisões intuitivamente, racionalmente e instintivamente o tempo todo.


Do coçar a cabeça à troca de emprego. Do sair na hora ou atrasado. Do ir de ônibus ou de carro.  Do trocar a fralda do filho ou tirar o bolo do forno. Do passo largo ao curto. Do praticar o bem ou praticar o mal.

Todos nós buscamos ser melhores, sermos felizes e sermos capazes.

O que somos neste exato momento, engolimos ou colhemos os louros. O que seremos no futuro cabe a nós escolher.


Do amor que te espera acordar…

Artigo Anterior

Manipule sua vida sem moderação!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.