Comportamento

Influenciadora Liziane Gutierrez assume namoro com soldado ucraniano: “Estou com ele”

Foto: Redes sociais
liziane gutierrez

A ex-Fazenda está na Ucrânia ajudando as pessoas do país leste europeu que estão sofrendo com o conflito contra a Rússia.

Liziane Gutierrez é mais conhecida pelo seu trabalho como influenciadora, modelo e também por sua participação no reality show “A Fazenda”, do canal Record; ela foi uma das peoas que integrou o elenco da décima terceira edição do programa. Alguns também podem conhecê-la de um momento polêmico em sua carreira, quando desacatou agentes da Vigilância Sanitária que interromperam uma festa clandestina em São Paulo, em meio às restrições impostas pela Covid-19.

A modelo de 35 anos, no entanto, tem chamado atenção nas redes sociais por um motivo bem diferente ultimamente; Liziane foi para a Ucrânia como voluntária, para ajudar o país que está sofrendo com o conflito contra a Rússia desde o primeiro trimestre de 2022.

A influenciadora partiu em sua missão de paz no dia 23 de março e desde então está ajudando refugiados da guerra, com remédios e outros itens que possam precisar para sua sobrevivência. E mesmo com os dias cheios, voltados a ajudar o próximo, neste cenário improvável, Liziane conseguiu encontrar o amor: ela se apaixonou e firmou um relacionamento com um soldado ucraniano. Até mesmo o primeiro encontro dos dois foi marcado pelas nuances do conflito bélico, acontecendo em bunker – um tipo de esconderijo subterrâneo usado para proteção de pessoas em guerras e embates armados de grande proporção.

De acordo com informações da coluna de Leo Dias para o jornal Metrópoles, Liziane e seu parceiro se conheceram quando ela estava fazendo doações no quartel dele, e no começo a comunicação dos dois se limitava a isso; falar sobre as entregas e sua logística. Tudo mudou quando, por conta do toque de recolher, Liziane acabou precisando dormir no local; a proximidade por mais tempo fez com que a química entre os dois florescesse.

2 Influenciadora Liziane Gutierrez assume namoro com soldado ucraniano Estou com elepg

Direitos autorais: Reprodução / Arquivo pessoal

Liziane disse que seu amado mal fala inglês e que mesmo com medo da probabilidade de um míssil ser lançado contra a direção deles, ela ao menos se conforta com o fato de que estará com ele. Ela ainda contou da vez que o soldado preparou um jantar vegetariano para ela em seu bunker e disse que uma demonstração de carinho como aquela não era tão simples de se encontrar.

A modelo afirmou que suas ações na Ucrânia já ajudaram a resgatar algumas famílias desabrigadas no país. Ela teve de deixar o país por alguns dias, para resolver problemas de ordem pessoal, mas informou que logo voltará para ajudar o país do leste europeu.

3 Influenciadora Liziane Gutierrez assume namoro com soldado ucraniano Estou com ele

Direitos autorais: Reprodução / Arquivo pessoal

Liziane disse que seu objetivo principal é ajudar de forma não impulsiva e sem prejudicar ninguém, por isso quer retornar logo para o seu trabalho voluntário. Questionada sobre mais informações sobre seu amado, Liziane revelou que seu soldado é mais novo que ela, com 20 anos, mas mais maduro do que ela mesma, disse a influenciadora. Embora admita estar bem envolvida com o rapaz, Liziane diz que os dois ainda estão tentando entender a situação toda; ela jamais poderia imaginar que encontraria afeto em um cenário de guerra, como aconteceu.

4 Influenciadora Liziane Gutierrez assume namoro com soldado ucraniano Estou com ele

Direitos autorais: Reprodução / Arquivo pessoal

O Brasil no cenário de conflito entre Rússia e Ucrânia

Embora a guerra esteja acontecendo há milhares de quilômetros de distância, o conflito tem impactos por todo o mundo e aqui no Brasil algumas ações já começaram a ser tomadas quanto aos mais prejudicados no embate: os civis inocentes.

De acordo com informações do G1, o Brasil concedeu 74 vistos e 27 autorizações de residência humanitária para ucranianos, entre 3 e 31 de março. Conforme informações da Organização das Nações Unidas – ONU – mais de 10 milhões de ucranianos foram obrigados a abandonar suas casas desde o início do combate russo, no fim de fevereiro de 2022. Destes, 4,5 milhões saíram do país, a maioria buscando abrigo em nações vizinhas

As concessões de vistos e autorizações de residência humanitária em nosso país foram facilitadas desde que entrou em vigor a portaria conjunta entre Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e Ministério das Relações Exteriores (MRE), em 3 de março — ela havia sido anunciada dias antes pelo presidente Jair Bolsonaro (PL).

Os dados também apontam que em 2022 foram reconhecidos quatro refugiados — 37 processos de refúgio seguem em andamento.

Segundo o texto da portaria, o visto humanitário pode ser solicitado no exterior e tem validade de 180 dias.

Uma vez em território nacional, o detentor do documento deverá comparecer à Polícia Federal (PF) e solicitar a Carteira de Registro Nacional Migratório (CRNM) em 90 dias. Ali também poderá obter autorização de residência para acolhida humanitária, válida por dois anos.

O imigrante pode trabalhar e pedir residência permanente no Brasil no período de 90 dias antes da expiração do prazo da residência temporária.

0 %