Comportamento

Luciano Szafir fala sobre sintomas da covid-19 na terceira contaminação com o vírus

capa site Luciano Szafir fala sobre sintomas da Covid 19 na terceira vez de contaminacao com o virus

O ator e empresário já teve uma complicação em junho de 2021, quando passou mais de um mês internado e precisou de uma cirurgia de emergência, depois de ser intubado.

O avanço da imunização da população contra a covid-19 tem mostrado que, por mais que as pessoas contraiam o vírus, agora têm grandes chances de nem sequer chegar perto de desenvolver o quadro grave da doença. No Brasil, 149 milhões de pessoas já estão completamente vacinadas, o que corresponde a 70,2% da população.

Mesmo depois de dois anos de coronavírus presente na realidade mundial, muitos indivíduos ainda carregam dúvidas quanto à qualidade das vacinas e os motivos de os imunizados continuarem contraindo o vírus mesmo depois das duas doses da vacina, por exemplo. É importante reforçar que a vacinação não impede o vírus de circular pelo ambiente e entrar no corpo das pessoas, ela apenas reduz as chances de a doença se agravar, a ponto de o paciente morrer com insuficiência respiratória ou outras sequelas da covid-19.

As pessoas que escolheram não se vacinar agora estão ainda mais vulneráveis, já que as mutações do vírus estão surgindo, fazendo com que sua estrutura se modifique para se adequar às novas barreiras que estamos criando. Se com a cepa original, grande parte dos indivíduos e cientistas relatavam que, depois de contrair a doença, era preciso cerca de três meses para que a infecção pudesse acometer um paciente novamente, agora essa teoria caiu por terra. A Ômicron mostra que é possível inúmeras reinfecções em curtos intervalos.

O ator e empresário Luciano Szafir, de 53 anos, informou ao público recentemente que tinha contraído o coronavírus pela terceira vez, deixando todos muito alarmados com as possíveis complicações que poderiam ocorrer. De acordo com reportagem do F5, o artista está chegando agora ao fim do ciclo de contaminação, sente-se muito bem de saúde e deve retirar a bolsa de colostomia em breve.

2 Luciano Szafir fala sobre sintomas da Covid 19 na terceira vez de contaminacao com o virus

Direitos autorais: Reprodução Instagram/ @szafiroficial.

Agora vacinado, Szafir explicou que sentiu apenas alguma dor de cabeça, mas que não chegou a ter febre, dor no corpo ou outro sintoma, inclusive, descobriu que estava com covid-19 porque precisava fazer o exame de colonoscopia, investigando se estava tudo em ordem para tirar a bolsa de colostomia. Naquele momento, como de praxe, precisou fazer um PCR para entrar no hospital, e foi quando soube que estava novamente contaminado.

O receio dos fãs tem motivo, pois em junho do ano passado, Luciano ficou mais de um mês internado, foi intubado e precisou passar por uma cirurgia de emergência, deixando todos desesperados. As complicações aconteceram quando ele contraiu covid-19 pela segunda vez, sendo que ainda não tinha se imunizado por conta da faixa etária, o que agravou seu quadro.

À época, o ator chegou ao hospital com 50% dos pulmões comprometidos, em 22 de junho, foi intubado, mas desenvolveu uma embolia pulmonar em 2 de julho. Como precisou tomar anticoagulantes, uma alça intestinal foi perfurada, enchendo a cavidade abdominal de sangue, o que o levou à cirurgia de emergência.

3 Luciano Szafir fala sobre sintomas da Covid 19 na terceira vez de contaminacao com o virus

Direitos autorais: Reprodução Instagram/ @szafiroficial.

Luciano teve esse segmento do intestino removido, já que estava sem circulação sanguínea, e precisou de uma colostomia. Ele perdeu mais de 20 quilos mas, em diversas entrevistas, afirmou que sente prazer em estar vivo e que nem sequer se importa com sua aparência, desde que tenha saúde e possa desfrutar dos bons momentos ao lado da família.

Projeto social

Luciano Szafir usou seu perfil do Instagram para divulgar o Projeto COM VIDA, idealizado por Raquel Trevisi, com o objetivo ajudar no processo de reabilitação dos que sofrem com as sequelas da covid-19. O projeto ajuda tanto quem perdeu um ente querido para a doença, com apoio psicológico, quanto quem enfrenta dificuldade para retomar a vida, com doações de prótese e alimentos.

0 %