Notícias

Luísa Mell sinaliza apoio a Lula dias após encontro com Bolsonaro e Michelle

Luisa Mell sinaliza apoio ao lula capa

A apresentadora de TV e ativista da causa animal Luísa Mell publicou em suas redes sociais um texto em que faz aceno ao ex-presidente Lula (PT).

A postagem ocorre quatro dias após Luísa posar ao lado do presidente Jair Bolsonaro junto à primeira-dama, Michelle, durante a recepção de boas-vindas dos repatriados vindos da Ucrânia.

Na publicação com Lula, Luísa afirma ter se encontrado com o ex-presidente, Fernando Haddad e outras lideranças petistas. “Hoje falamos desde campanhas de castração, educação ambiental até veganismo. Foi lindo. Fomos tratados com a seriedade que a causa merece”, escreveu a ativista, salientando que os políticos querem construir um plano sobre a causa animal “junto com as lideranças do movimento (em prol dos animais)”.

A publicação foi alvo de críticas. O ator Dado Dollabela, também conhecido ativista da causa, publicou emojis de vômito, disse que “o veganismo brasileiro se vendeu para a política”, e vinculou o governo petista ao grupo Friboi. Alguns seguidores elogiaram Luísa, enquanto outros criticaram a postagem ao lado do ex-presidente.

Luisa Mell sinaliza apoio ao lula ft1

Direitos autorais: Reprodução/Instagram.

Na última quinta-feira, Luísa foi a Brasília receber os repatriados da Ucrânia, atendendo a um convite de Michelle Bolsonaro. O convite foi feito após a apresentadora pedir ajuda para uma brasileira trazer seu animal de estimação de volta ao Brasil. No Instagram, Luísa havia publicado um vídeo pedindo a liberação dos animais, e o governo a atendeu após a repercussão.

— Bolsonaro atendeu os nossos apelos desesperados, a Michelle certamente também ajudou. Mais uma vez, obrigada — disse em seu Instagram.

Em entrevista, a apresentadora afirmou que não tinha “muita abertura” com o governo Bolsonaro, mas “agora poderia começar a ter”. “Quero me reunir com todos os presidenciáveis e tornar a pauta (da casa animal) agenda de governo. Vou apoiar e criticar quem tiver que apoiar e criticar. Seja Bolsonaro, seja Lula”, disse.

Segundo a colunista Bela Megale, a presença de Luísa Mell causou mal-estar entre ministros e apoiadores do presidente, pois, antes da ida ao evento, a ativista havia participado do “Ato pelo Terra”, manifestação que reuniu artistas como Caetano Veloso e Daniela Mercury contra uma série de projetos governistas. Luisa subiu ao trio elétrico e discursou, em um evento que fazia coro ao “Fora Bolsonaro”.

0 %