Notícias

Lula critica uso de verde e amarelo por Bolsonaro: “Não são desse fascista”

Foto: Depositphotos.com
Lula1

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou ontem que o presidente Jair Bolsonaro (PL) “sequestrou” os símbolos nacionais por falta de coerência de sua carreira política.

O petista participou de evento na Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro). “A blusa e a bandeira não são desse fascista.

Ele pegou a bandeira brasileira e a camisa da seleção para dizer ‘esse é o meu partido’. Mas vamos dizer para ele que a bandeira brasileira e as cores verde e amarelo não são desse fascista. Elas pertencem a 213 milhões de brasileiros”, afirmou o ex-presidente.

O petista disse ainda que militares devem se afastar do debate político.

“O papel dos militares não é ficar puxando o saco do Bolsonaro. Nem do Lula, do Celso Amorim, de ninguém. Eles [militares] têm que estar acima de brigas políticas. Presidente não tem que ficar falando ‘ah, meus militares'”, completou.

0 %