Notícias

Lula é opção de voto para 86% dos presentes na Parada LGBT+, diz pesquisa

Foto: Depositphotos.com
depositphotos

Pesquisa realizada pela organização Vote LGBT aponta que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o favorito entre as pessoas que compareceram a eventos da 26° edição da Parada LGBT+ de São Paulo. O petista obteve 86% de intenção de votos, seguido por Ciro Gomes (PDT), com 2,5%, e Jair Bolsonaro (PL), com 1,6%.

A lista de pré-candidatos apresentada ao público também incluía os nomes de Simone Tebet (MDB), que obteve 0,64% das menções, e Luciano Bivar (União Brasil), que não pontuou.

Como a margem de erro é de 3,3 pontos percentuais, Ciro, Bolsonaro, Tebet e Bivar empatam tecnicamente.
Disseram não saber em quem votar 3,8% do total; 2% optaram por branco ou nulo; 1,7% dos entrevistados indicou voto em outro candidato, e 1,92% preferiu não declarar.

A pesquisa entrevistou 930 pessoas na Marcha Trans, na Caminhada de Mulheres Lésbicas e Bissexuais e na Parada LGBT+, entre 17 e 19 de junho. O custo da pesquisa foi de R$ 11 mil, e o registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é BR-08300/2022.

Rejeição a Bolsonaro

A rejeição à gestão do atual presidente da República também foi expressiva: 90% das pessoas entrevistadas avaliaram o governo Bolsonaro como péssimo, 4,9% como ruim e 2,3% como regular. Optaram por bom 0,85% dos presentes, por ótimo 0,96% e não souberam responder 0,96%.

Segundo os organizadores da Parada LGBT+, realizada na Avenida Paulista no dia 19 de junho, quatro milhões de pessoas compareceram ao local — um público recorde para o evento. A temática deste ano, que era “Vote com Orgulho – por uma política que representa”, buscava conscientizar os presentes sobre a importância de votar em candidatos LGBT+ nas eleições 2022.