Luta pela vida, o maior exemplo de amor ao próximo

Minha mensagem de hoje é de esperança. Na passagem bíblica, Jó perdeu tudo, menos a fé, e conseguiu recuperar tudo.



Todos nós já atravessamos, em algum ou alguns momentos da vida, situações para as quais achávamos não haver uma saída e a única alternativa que nos restava era dobrar os joelhos, orar, confiar e esperar.

E, nas condições mais desfavoráveis possíveis, que faziam doer a alma, Deus veio em nosso socorro e nos aliviou do fardo pesado que nos consumia dia a dia.

Independentemente de qualquer coisa, por mais que achamos não haver uma saída diante dos desafios mais difíceis e imprevisíveis, ao final, sempre levantamos, sacudimos a poeira e damos a volta por cima.


Tudo passa e vira passado e, no presente, acabamos nos esquecendo de como foi sofrido o obstáculo enfrentado, bem como nos esquecemos das pedras que tivemos de enfrentar pelo caminho.

Esquecemo-nos de que todas as dores serviram para o nosso crescimento, transformando-nos em seres humanos melhores, mais fortes, mais maduros e mais bem preparados para a vida, que não é nada fácil.

É nessas horas de dificuldades que vemos quão pequenos somos e que não temos o controle da própria vida. Ficamos sem saber como agir ao sermos pegos de surpresa. Travamos e não conseguimos sair do lugar, olhamos ao redor e parece que somos os únicos em estado de calamidade pública. Nessas horas, nem sequer encontramos um ombro amigo para chorar. Todos somem.


A insegurança, incerteza, medo e angústia tomam conta, sentimo-nos sozinhos e desamparados. Esquecemo-nos de que não há mal que sempre dure e ficamos perdidos ao sentir o vazio tomar conta de nós.

Nossas forças minam a ponto de não conseguirmos pensar e muito menos agir, até percebermos que não há mais jeito, só nos restando entregarmo-nos ao destino de corpo e alma.

Totalmente sem forças, só nos resta fechar os olhos e dizer: Senhor, seja feita a Sua vontade e não a minha. E descansar Nele, na confiança de que algo seja feito.

Algumas passagens bíblicas de fé e superação, entre elas a de Jó, fazem nascer a esperança perdida, a paz invade nosso ser.

A fé e a entrega total a Deus fazem com que nossas forças sejam restauradas e, dessa forma, a vida recebe um novo colorido e tudo se transforma para o nosso bem, com maravilhas inimagináveis.

Todas as coisas acontecem para o nosso bem. É difícil entender isso na hora, mas chegará um dia em que teremos essa certeza de uma forma clara e precisa.

Ninguém carregará uma cruz maior do que possa suportar e no final tudo dará certo, e a vitória será comemorada em grande estilo. Nossa visão do mundo mudará e passaremos a dar valor a coisas pequenas, que passavam despercebidas em nossa vida.

Quando tudo passar, experimentaremos a sensação de ser livres, leves e soltos, e veremos que não foi em vão. É estranho, mas chegaremos a falar para nós mesmos que tudo valeu a pena e foi necessário.

As tristezas são normais e acontecem com todos nós, e sempre conseguimos suportá-las e superá-las. Com relação às dificuldades trazidas pelo coronavírus, não é diferente, pois ficamos perdidos, sem entender, inseguros. A peculiaridade é que estamos no mesmo barco e todos, ao mesmo tempo, estamos nos sentindo impotentes. Sabemos que não somos os únicos a atravessar a tempestade e que todos se unem para o bem comum, a proteção de um bem maior e precioso, que é a vida.

Um momento único, de oportunidade única. Estamos diante de uma grande guerra mundial em que todos se unem para lutar contra a morte em massa causada pela pandemia do coronavírus.

Vivemos num momento histórico de grande angústia, que vai passar e deixar não só marcas ruins, mas também boas. Esse momento nos aproximará mais um dos outros, mesmo nos tendo exigido certa distância, por segurança, ele nos unirá, nos fortalecerá, nos deixará mais solidários e humanos. A natureza respirará aliviada, com menos poluição.

Nós teremos tirado um tempo da correria da rotina massante e pesada e teremos a chance de respirar e refletir melhor sobre nós mesmos e sobre nossa vida.

Somos seres humanos que se adapta ao meio em que vivemos, como forma de sobrevivência. Toda mudança exige um pouco de sacrifício. A situação é propícia à criatividade e ao reinventar-se.

Persistir sempre e não nos deixar abater fará a diferença.

Devemos nos poupar, fazer a nossa parte, pensar positivamente e guardar nossas energias para usar quando tudo terminar. Estamos sendo reciclados para um novo recomeço. Não sairemos totalmente ilesos, mas sairemos melhores.

Minha mensagem de hoje é de esperança. Na passagem bíblica, Jó perdeu tudo, menos a fé, e conseguiu recuperar tudo.

Que neste momento de perdas, não percamos a fé, pois depois da tempestade, sempre vem a bonança.

 

Direitos autorais da imagem de capa: Jó e seus amigos, pintura de Ilya Repin (1869).

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.