Luz e sombra nas relações – a sombra está. A luz é.

20/03/2013 – Luz e sombra nas relações

Você conhece alguém. Admira muito. A pessoa toca o seu coração, te faz bem. Você a respeita e se encanta com ela.



Um dia alguém, em quem você acredita muito, fala mal dessa pessoa. O seu coração não sente verdade no que você ouviu e você continua respeitando-a e admirando-a muito.

No entanto, misteriosamente, um lado seu prefere romper com a pessoa por quem se encantou, e você rompe.

Nós todos temos o coração (luz) e o medo (sombra). A cada momento podemos escolher entre eles.

De qualquer forma, lá na frente, queiramos ou não, a luz não será mais uma opção, será um fato perene.


Quando isso acontecer, você vai perceber que a pessoa que fez a fofoca (fundada ou não) a respeito de quem você admirava estava experimentando a inveja destrutiva, aquela que dá o impulso de denegrir o invejado.

E verá também que você ainda não estava tão seguro a ponto de seguir o seu coração.

Mas a consciência está em constante expansão e, estando agora na luz, você aceita o seu erro como parte do aprendizado e pode até ajudar o maledicente a exercer a inveja saudável, que é buscar a própria excelência ao invés de denegrir o invejado.


Poderá se aproximar da pessoa com quem havia se encantado e humildemente confessar a sua fraqueza e falta de confiança nela e em si próprio. E ainda, quem sabe, continuar a viver aquele encanto interrompido.

Se a pessoa acreditar que a sombra passa e que a luz é para sempre perceberá que você precisou mergulhar na sombra para enxergar a luz na qual estavam vivendo aquela comunhão.

É apenas uma questão de manter o foco no afeto!

A sombra está. A luz é.

Arly Cravo – Conteúdo do Livro: Foco No Afeto 

__________
Direitos autorais da imagem de capa: ctermit / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.