Comportamento

Mãe coloca filhos ao vivo no Facebook e pede que amigos os olhem enquanto ela fuma

A publicação foi feita na rede social Reddit, onde muitos relatos anônimos são publicados, e viralizou com chuva de críticas ao comportamento da mulher.



Muitas mulheres se queixam de que suas vidas e ações se tornam públicas depois que viram mães, tudo o que fazem – ou deixam de fazer – é passível de críticas de terceiros, normalmente pessoas que sequer se ocupam do cuidado ou rotina da criança. De fato, a autonomia de uma mulher, depois que a maternidade a abraça, some quase que totalmente, restando espaço apenas para críticas e palpites.

Mas, enquanto algumas estão se queixando do excesso de olhos em suas vidas, outras usam esse controle em “benefício próprio”. Recentemente uma publicação na rede social Reddit mostrou a captura de tela de uma live no Facebook, em que apenas duas crianças aparecem.

Até aí tudo bem, poderia até ser que uma das crianças tivesse pegado o celular da mãe e iniciado a transmissão sem querer, mas a legenda denuncia o contrário.


A própria mãe colocou as crianças ao vivo no Facebook e pediu aos seus amigos de rede social que dessem uma olhada nelas enquanto ela fazia uma pausa para fumar.

A publicação anônima causou controvérsias e críticas, muitas pessoas condenaram o comportamento da mãe, que teria deixado as crianças sob “cuidado” de pessoas estranhas, que passariam a ter acesso à sua rotina e residência.

A transmissão se tornou viral no momento em que começou, e mais de 6 mil pessoas acompanharam os dois naqueles poucos minutos. Segundo o site The Sun, alguns enviaram comentários como “se abaixe”, ou “pare de brincar no sofá”, e a transmissão ao vivo acabou adquirindo um ar mais descontraído, com todos os espectadores achando aquela situação engraçada.

Mas quando publicada no Reddit, milhares de pessoas afirmaram que aquilo não tinha graça nenhuma, já que não havia sentido em expor os próprios filhos daquela forma. Alguns, incrédulos com as imagens, perguntaram se aquilo era uma piada de mau gosto ou algo do tipo, enquanto outros apenas publicaram alguns xingamentos contra a mulher.


No vídeo é impossível saber se ela está no cômodo ao lado, se está do lado de fora da casa, se precisou descer as escadas de um apartamento ou como se deu a configuração da ocasião.

Ela poderia estar vendo-os de outro espaço, ou mesmo acompanhando os comentários em outro dispositivo móvel mas, de qualquer maneira, a transmissão tomou proporções inimagináveis.

Afinal, qual o interesse em 6 mil pessoas assistirem duas crianças brincando, durante alguns minutos, na sala da própria casa? E de que forma aquelas pessoas serviriam como “babás on-line” para os dois?

Deve-se compreender que existem limites quanto à exposição de crianças e menores de idade nas redes sociais, e que nem tudo pode ser levado na “brincadeira”.


Qual sua opinião sobre este assunto?

Comente abaixo e compartilhe o texto nas suas redes sociais!

Bebê abandonada, gravemente desnutrida e com paralisia cerebral, é adotada por jovem. Salvou sua vida!

Artigo Anterior

Médico brasileiro investigado por assédio sexual tem detenção prorrogada no Egito

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.