Pessoas inspiradoras

Mãe conta como adoção de gêmeos mudou sua vida: “Minha fraqueza foi transformada em força”

Capa Mae conta como adocao de gemeos mudou sua vida Minha fraqueza foi transformada em forca
Comente!

Ela compartilhou um relato que ganhou o coração das redes sociais pela sua bela trajetória na maternidade.

Em um comovente relato publicado pelo site Love What Matters, Lauren Brooke, de Jacksonville, na Flórida (EUA), contou quão perdida se sentia até o momento em que resolveu mudar tudo e adotar gêmeos. Desde então, Lauren largou o vício em álcool e se sente feliz e realizada ao lado dos pequenos.

De acordo com o depoimento, aos 8 anos, Lauren foi diagnosticada com uma deficiência de aprendizagem, por isso, precisava frequentar aulas específicas para alunos com dificuldades. Mas, por vergonha de admitir aos amigos, ela dizia que havia se matriculado em aulas de educação física. Todos os dias a menina tentava se esconder para que ninguém a visse saindo da aula, até o dia em que um amigo a flagrou. O colega reconheceu a classe para alunos especiais e disse que Lauren era uma “idiota” por frequentá-la. A mulher se lembra de que nesse momento se sentiu muito exposta e foi chorar no banheiro. Tinha 16 anos na época.

Naquele momento, começou a descontar suas frustrações no álcool, mesmo com pouca idade. Conta que ficou tão alterada, que nem se lembrava do que havia acontecido no dia seguinte. Lauren olha para trás e diz não entender como deixou que as coisas chegassem a tal ponto de autodepreciação.

Também bebia para se sentir aceita e incluída em seu grupo de amigos. A embriaguez se tornou sua muleta, uma saída momentânea da insegurança. Com o álcool, sentia que tinha algo em comum com as pessoas, não era mais a garota que chorou no banheiro, ela sentia que pertencia ao lugar.

Sua rotina foi essa por muitos anos, até que certa manhã ela acordou em pânico, determinada a mudar algo na vida. Queria redirecionar sua insatisfação para ajudar os outros e não se machucar mais. Lauren escolheu ver a beleza na forma em que foi criada e enxergar seus tão fatais “defeitos” como pontos fortes.

Então resolveu ir a um orfanato; as histórias das crianças que conheceu lá a comoveram. Ela não conseguia compreender como aquelas podiam ter sido deixadas para trás, sem alguém que os amassem como mereciam. Vinda de uma família muito amorosa e presente, a mulher queria dar um pouco disso para os pequenos também.

2Mae conta como adocao de gemeos mudou sua vida Minha fraqueza foi transformada em forca

Direitos autorais: Reprodução / Arquivo pessoal

Após sua visita, Lauren decidiu adotar uma criança. Ela fez os cursos obrigatórios para se candidatar à adoção e terminou seu namoro, a contragosto do namorado. Enfim, lá estava ela, uma mulher de 26 anos solteira na fila para uma adoção.

Depois de meses que pareciam eternos, finalmente ela foi selecionada para adotar gêmeos de apenas 1 ano. Depois disso, como descreve Lauren, graças à providência divina ela conseguiu outro berço, roupas, brinquedos, fraldas e tudo mais que precisava para acomodar seus filhos.

Sua fraqueza se transformou em força! Ela já não era mais a adolescente que sofreu bullying dos colegas por conta do seu aprendizado nem precisava beber demais para se sentir livre.

A mulher disse que Deus a presenteou com dois lindos garotinhos saudáveis e prontos para receber todo amor do mundo que ela tinha para dar. Havia se tornado uma mãe!

3Mae conta como adocao de gemeos mudou sua vida Minha fraqueza foi transformada em forca

Direitos autorais: Reprodução / Arquivo pessoal

Lauren, uma mulher branca e loira, tornou-se mãe de gêmeos negros. As diferenças étnicas da família são algo que não pode ser ignorado, ainda mais com as violências raciais que pessoas pretas sofrem.

A mãe, no entanto, não se importa de a aparência dos filhos ser diferente da dela, diz inclusive que os meninos não têm seus olhos ou outros atributos físicos que os assemelham à mãe, mas no rosto deles ela vê muito mais do que isso, ela vê a ação de Deus na sua vida.

Comente!

Menino não parou de sorrir quando recebeu sua primeira mão protética. Sentiu-se feliz e completo!

Artigo Anterior

Homem compra avião para salvar centenas de animais do sacrifício

Próximo artigo