Comportamento

Mãe dá roupas a amiga grávida e pede de volta depois que a mulher perde o bebê

Capa Mae da roupas a amiga gravida e pede de volta apos mulher perder o bebe
Comente!

A mulher chegou até a pedir dinheiro para cobrir o valor dos presentes, caso não fossem devolvidos.

A mãe de um bebê natimorto sofreu mais dor ainda quando sua amiga supostamente lhe pediu para devolver os presentes que comprou para a criança. A suposta amiga não teve vergonha de pedir os itens de volta, incluindo um cobertor, no qual a mãe em luto planejava enterrar seu bebê.

Postando no Reddit, uma rede social que recolhe relatos, a mulher afirmou que sua amiga havia comprado algumas roupas para seu filho, incluindo um cobertor de lã macio, um elefante de pelúcia, sapatinhos, algumas roupas e um brinquedo de canto para quando ele nascesse, de acordo com informações do The Sun. Mas tragicamente — ela revelou — ele nasceu com apenas 29 semanas e não sobreviveu.

Na postagem do Reddit, que já foi removida, a mulher compartilhou capturas de tela do que parece ser uma conversa entre ela e sua amiga.

A mulher alegou que apenas uma semana depois de perder seu bebê, ela recebeu uma mensagem de sua amiga perguntando se seu filho, que ela supostamente chamava de Benjamin, havia usado ou tocado em algum dos presentes que ela comprou para ele.

Ela continuou a dizer que, se ele não tivesse, ela gostaria deles de volta para que pudesse dá-los a outra pessoa, assim economizaria um pouco de dinheiro no Natal.

Depois de listar o que sua amiga supostamente comprou, a mãe teria dito que não lhe havia pedido aqueles itens, que achava que a amiga os tinha dado como presentes, de bom grado.

Nas mensagens, de acordo com a postagem da mãe enlutada, a mulher primeiro agia como se quisesse perguntar como estava a mãe, mas logo em seguida disse a que veio: queria os presentes de um bebê morto de volta!

Antes que a mãe arrasada tivesse a chance de responder, outra mensagem se seguiu, a amiga dizia que gostaria de uma resposta antes do Natal, para que pudesse economizar na compra de itens para os bebês de outras amigas.

Evidentemente chocada, a mãe finalmente respondeu dizendo que não estava com cabeça para aquela conversa, que não estava nada bem, seu coração partido por conta de tudo o que passou.

Continuou dizendo que não podia acreditar no que a amiga estava dizendo, mas sim, ainda tinha os itens, com exceção do cobertor, que seria usado para enterrar o corpo de seu filhinho. Mesmo em choque, ela ainda perguntou para a amiga se estava tudo bem com sua escolha.

Infelizmente, a mulher continuou pressionando, explicando que precisava saber antes de gastar mais e que gostaria dos outros itens de volta. Perguntou ainda se não havia a possibilidade de a mãe mudar os planos e enterrar a criança com outro cobertor.

Ela rapidamente deu uma demonstração de apoio à amiga enlutada e disse que estava lá para ajudar sua amiga, se ela realmente precisasse dela.

Ainda assim, ela insistiu, e no dia seguinte perguntou à amiga enlutada se poderia buscar os itens que ainda estavam em sua casa.

Agora furiosa, a mãe respondeu que não! Que sua amiga estava passando dos limites e que o cobertor ficaria com Benjamin e seria usado em seu enterro.

Ela disse que até poderia devolver os outros itens, mas seria no seu tempo e que sua “amiga” não deveria aparecer nunca mais em sua casa, pois ela e o marido passaram por muito mais dor com as insistências incessíveis dela.

Para piorar a situação, a mulher até pediu à mãe dinheiro para cobrir o custo do cobertor, caso não fosse devolvê-lo.

Desnecessário dizer que as pessoas não reagiram bem depois de ler a troca no Reddit. Uma internauta criticou muito a atitude da amiga, incrédula sobre como a mulher pôde assediar uma mãe em luto em troca de economizar uns trocados.

Comente!

Menina morre após motorista bêbado colidir contra carro da família

Artigo Anterior

Turma do berçário encena presépio vivo e viraliza na internet

Próximo artigo