Família

Mãe de transgênero de 12 anos afirma: “É seu dever amar seu filho, não importa o que ele é”

A mãe defende que os pais devem sempre aceitar e amar os filhos, independentemente de como eles sejam. Confira!



Jill Wallace é uma mãe de 8 filhos, dos Estados Unidos, que tem ganhado popularidade nas redes sociais desde o ano passado, quando publicou um vídeo no seu perfil no TikTok contando que o filho de 12 anos é uma pessoa transgênera.

Segundo matéria da Unilad, a mulher se define como uma “mãe cristã amorosa e solidária da comunidade LGBTQ+” e usa as suas redes sociais para celebrar e manifestar apoio às pessoas desse grupo.

Então, quando o filho comunicou a ela o fato de ser transgênero, ela fez um anúncio no TikTok contando aos seguidores que gostaria que eles soubessem como essa realidade era abordada na sua casa.


Direitos autorais: reprodução TikTok/@mamajillwallace.

Jill contou que a primeira coisa que fizeram foi ter uma conversa bastante sincera para que ela compreendesse exatamente o que estava acontecendo e que logo depois foram fazer compras e cortar o cabelo do filho. Sorrindo, a mulher disse que “não importa” quem sejamos, precisamos amar os nossos filhos, se eles se revelarem, pois nós é que somos seus pais.

Ela ainda questionou outras pessoas cristãs que afirmam que o movimento LGBTQ + é “errado”, explicando que Jesus nunca disse isso na Bíblia e que ninguém escolhe ser LGBTQ. Segundo ela, se nunca duvidou dos filhos que se identificam como heterossexuais, não teria motivo para questionar Jayden, que também tem a própria identificação.

Jill também ofereceu um conselho valioso aos pais, afirmando que se eles disserem aos filhos que não acreditam neles e que não têm idade suficiente para saber sobre o próprio gênero, eles se abrirão cada vez menos, o que gerará mais dificuldade no relacionamento.


Desde o vídeo revelação, Jill também tem compartilhado outras novidades sobre a vida de Jayden. A mãe ainda tem dado algumas dicas sobre como reagir da maneira certa quando os filhos se assumirem, como demonstrar que eles são amados incondicionalmente, para perguntar o que ser LGBTQ + significa para eles e ouvir mais o que eles têm a dizer.

Direitos autorais: reprodução TikTok/@mamajillwallace.

Nas redes sociais, seu gesto foi criticado por muitos. Segundo a mulher, algumas pessoas falaram que deveria ser chamado o serviço de proteção à criança contra ela e até mesmo ameaçaram sua família. No entanto, Jill também tem recebido muitos elogios de pessoas considerando-a como um “modelo incrível” de maternidade e dizendo que os seus conteúdos com o filho são muito fofos.


“Me coloquei no lugar.” Motorista desce do ônibus e ajuda passageira cega a atravessar a rua

Artigo Anterior

Paulista que estudou a vida toda em escola pública ganha bolsa em 10 universidades internacionais

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.