Notícias

Mãe e padrasto são presos suspeitos de agredir os dois filhos dela, em Cristalina

A Polícia Civil prendeu a mãe e o padrasto de dois meninos por suspeita de tortura e tentativa de homicídio contra as crianças, em Cristalina, no Entorno do Distrito Federal.



Um bebê de 1 ano e 11 meses está internado em estado gravíssimo. O irmão dele, de 3 anos, também foi hospitalizado com ferimentos no corpo e na cabeça. As informações são do delegado Juliano Campestrini.

O casal foi preso na terça-feira (6) e até 11h16 desta quarta-feira (7) não tinha apresentado um advogado de defesa. O delegado disse que eles optaram por ficar em silêncio durante o depoimento.

Campestrini explicou que as crianças foram levadas pela mãe para uma unidade de saúde da cidade em busca de atendimento médico. O plantonista suspeitou das lesões e questionou a mulher como foram causadas (veja abaixo). Ela teria alegado que eles caíram do carrinho de bebê.


A Polícia Militar, então, foi chamada e decidiu conduzir a mãe para a delegacia. Em seguida, a Polícia Civil encontrou o padrasto escondido em uma casa no mesmo bairro onde mora e o prendeu.

“Com o padrasto, encontramos um chinelo que tem as marcações na sola muito parecidas com as lesões que aparecem no dorso das crianças. Por isso, o objeto foi apreendido para perícia”, explicou o delegado.

Direitos autorais: Divulgação

Os meninos estão internados em um hospital do Distrito Federal. Segundo a polícia, o mais novo recebe tratamento numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI).


Vítima de sequestro abraça policial após assaltante ser morto: ‘Nasci de novo’

Artigo Anterior

5 coisas que estão “roubando” a prosperidade da sua casa. Aprenda a eliminá-las!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.