Notícias

Mãe pendura filha de 3 anos na varanda do sexto andar como punição por chorar, mas a deixa cair acidentalmente

mae pendura capa

Depois que a criança cai, a mãe de 23 anos corre até a calçada e sacode a filha desesperadamente, como se tentasse reanimá-la.



Uma mãe foi presa por suspeita de assassinato na Rússia, depois de balançar sua filha de 3 anos em uma sacada do sexto andar de um prédio como punição por chorar.

No entanto, ela acabou deixando a criança cair acidentalmente, afirmam os policiais.

Em um vídeo, é possível ouvir a menina, chamada Anastasia, suplicando: “Mamãe, estou com medo”, e depois “estou com medo, com medo, com medo”. Em seguida, a criança cai de altura de 18 metros. As imagens mostram o momento final de sua queda antes que ela atinja o chão.


A mãe, Anna Ruzankina, 23, é vista ainda na câmera de segurança do elevador segurando a menina após a queda, enquanto a levava de volta para o apartamento da família, em Saratov, disse o Life News. Ela sacode a criança sem vida como se estivesse tentando reanimá-la.

Segundo relatórios de investigação, a mulher estava segurando a menina pela camiseta na beirada da varanda. No entanto, a camisa rasgou e a criança caiu. O incidente ocorreu depois que a mãe havia saído para uma boate e estava bêbada. Uma pessoa que passava pela rua, disse ter ouvido “gritos altos de uma criança vindo de um andar superior”.

anastasia

Direitos autorais: reprodução Daily Mail.

“E, de repente, um som surdo de queda. E os gritos pararam. Quando me virei, vi uma menina coberta de sangue deitada no asfalto. Corri para ligar para o serviço de emergência. Fiquei tão chocado. Os vizinhos disseram que a mãe alegou que a criança escalou a varanda sozinha. Eu disse a ela que ela iria cair, ela foi ouvida dizendo”, contou. Ruzankina foi detida e está à disposição da Justiça. Se for condenada, ela poderá receber 21 anos de pena.


Irmãs vítimas de abuso sexual matam pai a facadas enquanto dormia

Artigo Anterior

Turmalina negra: poderosa contra inveja, mau-olhado e energias negativas

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.