Comportamento

Mãe polemiza ao exigir que passageira de voo empreste o celular para o filho se distrair durante viagem

mae polemiza ao exigir que passageira de voo empreste o celular para o filho se distrair durante viagem

Em depoimento, a mulher contou sobre essa experiência nada agradável durante um voo.



Viajar de avião é sempre tema de debate. Para algumas pessoas, essa é a melhor maneira de se locomover de um local para outro, seja para férias ou trabalho.

Os amantes dos aviões se sentem livres quando estão perto das nuvens, e amam a sensação de tranquilidade e descanso que as viagens proporcionam, apesar de, às vezes, terem de lidar com desconfortos provenientes das poltronas um pouco justas ou dos incômodos por conta da altitude.

No entanto, existem aqueles que detestam os voos e fazem o possível para não ter de encarar um avião, até abrindo mão das viagens com as quais sempre sonharam. Entre os motivos que levam alguém a dispensar esse meio de transporte estão o medo de altura, problemas de pressão e até mesmo a convivência com os outros passageiros.


Não é muito comum vermos brigas dentro de aviões, até porque a maioria dos passageiros costuma usar fones de ouvido, ler ou até mesmo dormir até chegar ao destino, mas algumas vezes essas situações podem acontecer. Uma mulher usou o Reddit para contar sobre uma péssima experiência num voo de Budapeste, na Hungria, para Londres, na Inglaterra.

No Mirror, onde a história foi publicada, foi contado que ela estava sentada em sua poltrona normalmente, até que uma mulher, que estava sentada na mesma fileira, perguntou-lhe se ela trocaria seu assento na janela para se sentar no corredor para que seu filho de 7 anos pudesse ficar na janela.

Em um gesto de gentileza, a passageira concordou e começou a assistir a um filme em seu celular, usando fones de ouvido. No entanto, não aproveitou muito, até que a mesma mulher lhe chamasse novamente. Nesse momento, a criança já tinha saído da janela, e agora estava na poltrona do meio, entre ela e a mãe.

A mulher a cutucou e perguntou se o filme que estava assistindo era apropriado para crianças, porque o seu filho também estava olhando para a tela. Educadamente, a passageira respondeu que a classificação era 15 anos, e após isso, a mulher sugeriu que ela colocasse outro filme, mais adequado para o seu filho, ou parasse de assistir.


Chocada com a postura da desconhecida, a mulher respondeu  que continuaria assistindo ao filme que havia escolhido. Nesse momento, a criança lhe perguntou se havia algum jogo em seu celular que ela pudesse jogar.

A passageira disse que não, então a mãe novamente retrucou, falando que o filho estava entediado. Já sem paciência, a passageira disse que não era problema dela e que a mulher deveria ter se preparado com antecedência para a viagem. Em seguida, colocou seu fone de ouvido e continuou assistindo ao filme.

Poucos minutos depois, a criança voltou à janela e a mãe se sentou no meio. Durante o restante do voo, a mulher assistiu ao filme, mas ele terminou antes de o avião pousar, então, ela colocou uma música para se distrair.

Apesar do barulho, conseguiu ouvir quando a mãe da criança resmungou: “Você poderia pelo menos deixar meu filho jogar agora, sua “vadia rancorosa”. Chegando ao seu limite, a mulher contou que respondeu assim à mulher: “Que tal você agradecer por eu ter deixado seu filho olhar pela janela durante todo o voo, sua ingrata”.


O clima ficou pesado até o momento em que o avião pousou e cada uma seguiu o seu caminho. Por sua publicação no Reddit, ela recebeu apoio de várias pessoas, entre as quais um usuário que disse que a mentalidade “Você se sentou ao lado do meu filho? É melhor entretê-lo” é nojenta.

Filha postou nas redes a tristeza do pai por não vender nenhum salgado. Centenas prestaram apoio!

Artigo Anterior

Os 5 piores signos para ter como amigos. São rancorosos, egoístas e só te colocam para baixo!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.