Comportamento

Para mostrar as dificuldades do ensino a distância, mãe compartilha foto do filho chorando na aula on-line

Sem Titulo 1 41

Jana Coombs decidiu publicar imagem do filho em dificuldades durante uma aula on-line para suscitar o debate sobre métodos de ensino enquanto durar esta pandemia.



A necessidade de distanciamento social se tornou urgente desde 2020, mas também se apresentou como um método eficaz para reduzir drasticamente os novos casos de covid-19. Com isso, a maioria das escolas fecharam, obrigando professores, pais e alunos do mundo todo a se ajustarem ao ensino a distância do dia para a noite.

Em Sharpsburg, na Geórgia, Jana Coombs tem acompanhado o desenvolvimento educacional dos três filhos em idade escolar, e presenciou o mais novo, de 5 anos, tendo muitas dificuldades nas aulas remotas do ensino infantil. Logo no primeiro dia de aula, ela viu seu filho abaixar a cabeça e começar a chorar, e decidiu registrar o momento para refletir sobre os problemas que alguns alunos enfrentam com essa forma de ensino.

Em entrevista à CNN, a mãe explicou que tirou a foto porque queria que as pessoas vissem a realidade, e que, logo depois, ele se aproximou para um abraço e eles choraram juntos. Isso fomentou o debate sobre voltarem ou não as aulas presenciais na pandemia, entre pais e educadores dos Estados Unidos. Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, cerca de 5,7 milhões de estadunidenses foram infectados, com taxa de mortalidade superior a 170 mil.


Grande parte das instituições escolares decidiram iniciar o ano letivo com aulas totalmente remotas, mas alguns professores decidiram receber alguns alunos presencialmente, em tempo integral.

Outras escolas adotaram um sistema misto, em que parte dos estudantes ficam em casa e outros voltam. Mas ainda existem muitas dúvidas sobre qual caminho é melhor seguir.

5 2 Para mostrar as dificuldades do ensino a distancia mae compartilha foto do filho chorando na aula online

Direitos autorais: reprodução Facebook/Jana Coombs.

Enquanto alguns estudos mostram que as crianças são contaminadas e transmitem o vírus com mais facilidade que adultos, operando como vetores da doença, como publicações da Academia Americana de Pediatria e da Children’s Hospital Association, alguns pediatras vão no caminho contrário e afirmam que as aulas a distância podem ter consequências negativas para estudantes nos primeiros anos escolares, além de prejudicar famílias que precisam trabalhar fora.


Jana acredita que a educação vai muito além de aprender a somar, e envolve principalmente a socialização e experiências práticas, o que favorece a assimilação infantil.

A mãe ainda explica que muitas famílias estão fazendo malabarismos dentro de casa, auxiliando os filhos 24 horas por dia, recebendo milhares de e-mails dos professores, tentando acompanhar, abrindo inúmeros aplicativos, com códigos diferentes, em plataformas diferentes, acessando em diferentes computadores, com links que não funcionam.

5 3 Para mostrar as dificuldades do ensino a distancia mae compartilha foto do filho chorando na aula online

Direitos autorais: reprodução Facebook/Jana Coombs.

Jana diz que nenhuma de suas críticas se direciona aos professores, já que ela se sente extremamente grata a eles, que pensam unicamente na experiência que seus alunos vão ter. Eles foram além, tentando fazer desse momento o menos doloroso possível, finaliza a mãe.


O que você acha do ensino a distância?

Comente abaixo e compartilhe este texto nas suas redes sociais!

Primeira “Superlua” do ano mostra nosso satélite natural no ponto de órbita mais próximo da Terra

Artigo Anterior

Taxista leva idosos para se vacinarem contra covid-19, de graça: “Sorriso deles paga tudo”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.