publicidade

Mãe revela que só dá um banho por semana no filho recém-nascido: “Achei que era normal”

Ela explica que o bebê tem sete semanas e não cheira mal, por isso acredita que não precisa dar banhos com frequência no filho.



O cuidado infantil é tema que sempre gera discussões. Sabemos que cada família tem sua “receita para o sucesso”, quando o assunto envolve crianças e bebês. Aquela tia-avó que sabe exatamente qual simpatia fazer para o pequeno ganhar peso, a sogra que sempre chega pronta para dar um “chazinho” para o recém-nascido, entre outras milhares de invenções.

Já é difícil criar uma criança apenas com respaldo médico, imagine-se com todos esses palpites? Mas a verdade nisso tudo é que não existe fórmula mágica, secreta, e cada família vai agir conforme a própria realidade, prezando pelo bem da criança. Mesmo assim, existem algumas questões que dividem opiniões e deixam alguns até chocados.

Na Irlanda, um caso compartilhado anonimamente em um fórum de maternidade gerou muita discussão.

A mãe de um recém-nascido de sete semanas explicou que os banhos não são hábitos familiares. Sim, no relato, ela afirma que a pele do bebê não cheira mal, o que evidencia a desnecessidade de banhos.

Explicou que apenas limpa rapidamente a criança, com lenços ou pano úmido, diariamente, e que sente que já é suficiente. Segundo seu relato, ela sempre acreditou que isso era uma coisa normal, mas começou a ler sobre mães que incluem o banho como parte da rotina noturna, o que a fez perceber que existem algumas famílias que dão banhos em seus filhos diariamente.


O relato provocou muita discussão na rede Mumsnet, e ela perguntou se estava sendo irracional. Algumas mães concordaram totalmente com ela, dizendo que o ideal é que a pele do bebê não seja lavada diariamente, o que pode retirar parte da proteção natural, deixando-a exposta a alergias e possíveis irritações, baixando seu sistema imunológico. Algumas disseram que o bebê não é sujo, por isso não precisaria efetivamente ser lavado com água e sabão todos os dias.

Outras mães justificaram a baixa frequência de banhos afirmando que a pele pode ressecar e dificilmente um bebê dessa idade irá se sujar no jardim ou com comida, já que apenas é amamentado.


Mas o relato não trouxe apenas comentários concordando com a postura da mãe, pois muitas acharam aquela atitude cruel e fora da realidade, já que as crianças precisam ter uma rotina de banho diária.

Uma mãe afirmou que, por mais que os bebês não se sujem, eles suam, o que pode provocar mau cheiro, exigindo que a frequência de banhos seja superior a um por semana. Outra internauta disse que ela deveria dar, no mínimo, dois banhos por semana, porque o pescoço dos bebês ficava muito “fedido” se não fosse lavado adequadamente.

A conversa foi palco para muitas dúvidas maternas, gerando perguntas como: afinal, devemos dar banho em bebês com que frequência? Algumas mães disseram que dão banhos semanais e que receberam conselhos de saúde especializados, de várias enfermeiras.

Uma disse que deu banhos com esse intervalo e que o bebê sobreviveu, inclusive sem cheiro algum.

As indicações sobre necessidade de banho ou não nos recém-nascidos costumam dividir opiniões, inclusive médicas. Se a família acreditar que o correto não é dar banho antes que o coto umbilical caia ou apenas uma ou duas vezes por semana, a vontade deve ser respeitada.

O mais importante é que a criança seja também respeitada e seus interesses colocados em primeiro lugar nessa questão. Se a região onde a família mora for muito fria, de fato os hábitos de higiene serão diferentes dos de famílias que moram em locais muito quentes.

É importante perceber de qual região estamos falando, quais os hábitos culturais dessa população e se isso faz bem ou mal para a criança. No Brasil, é mais comum que se deem banhos diariamente nos bebês, mesmo recém-nascidos. E, segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), mesmo após o nascimento, os bebês podem tomar banhos todos os dias, caso a família assim deseje.

Existem apenas alguns pontos em que os pais e cuidadores devem atentar, como a temperatura da água. Os bebês muito novos precisam manter a temperatura do corpo estável porque quedas bruscas de temperatura podem lhes fazer mal. Por isso o recomendado é que o banho seja morno, dure de 5 a 10 minutos apenas e ele seja vestido imediatamente.

O que você acha disso?

Compartilhe esse texto nas suas redes sociais!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.