Comportamento

Mãe se surpreende ao fazer faxina no quarto do filho e encontrar saco de lentilhas velhas

Capa Mae se surpreende ao fazer faxina no quarto do filho e encontrar saco de lentilha velha

Ela também achou um par de óculos escuros que a família acreditava ter perdido havia bastante tempo.

Uma mãe revelou seu choque com a quantidade de coisas aleatórias que encontrou no quarto do filho pequeno quando o limpava pela primeira vez depois de um bom tempo.

A mulher, que publicou seu relato na conta com nome de Gabzott na rede social de compartilhamento de vídeos curtos, TikTok, postou uma publicação, que logo viralizou, sobre os itens inusitados encontrados no quarto do filho.

Os primeiros itens a aparecer e chamar a sua atenção foram duas baterias, as quais ela disse não fazer sentido estarem no quarto do menino, assim como um controle remoto, já que controlava as luzes da casa. A mulher disse que fazia tanto tempo que não encontrava esse item, que já o tinha dado como perdido. Ela procurou o controle por meses.

De acordo com informações do tabloide britânico The Sun, a criança também parece ter propensão a levar os pertences da avó para o seu “esconderijo”, pois a mulher encontrou um dos cabos que ligava o massageador elétrico de sua mãe, avó do menino. O item ficou desaparecido por tanto tempo, que a senhora precisou comprar outro. E mais um pertence da vovó, que já era tido como uma perda completa, apareceu no quarto do menino: um par de óculos de sol de marca, que a mãe da mulher não encontrava havia meses.

E as descobertas dos “tesouros” ocultos no quarto do filho não pararam por aí! A mãe encontrou por lá o seu xampu, uma ferramenta para uso mecânico, essa então jamais poderia estar no quarto de uma criança, pois pode causar acidentes, e o que ela julgou ter sido o mais estranho: um saco de lentilhas velhas, pela metade.

2 Mae se surpreende ao fazer faxina no quarto do filho e encontrar saco de lentilha velha

Direitos autorais: Reprodução TikTok / @gabzott.

Como um garotinho do jardim de infância conseguiu esconder tantos itens de sua família sem ser pego antes? Eis o grande mistério desse caso.

A mãe ficou tão surpresa com as descobertas, que prometeu aos seguidores compartilhar mais vídeos que faria limpando o quarto do pequeno, pois estava em choque com as descobertas, assim como sua audiência. O vídeo rapidamente viralizou, com mais de 50 mil curtidas na plataforma e centenas de comentários, todos tentando entender as atitudes inusitadas do menino.

3 Mae se surpreende ao fazer faxina no quarto do filho e encontrar saco de lentilha velha

Direitos autorais: Reprodução TikTok / @gabzott.

Vários internautas expressaram preocupação por alguns dos itens mais perigosos que foram encontrados no quarto do menino. Uma mulher pediu à mãe para ensinar ao filho a importância de não brincar com baterias, pois ele poderia se ferir, além de sugerir guardá-las a sete chaves, para que a criança não tivesse acesso a elas. Conforme escreveu outra, a criança deveria ser corrigida pelos pais, pois pegar coisas que não são suas e escondê-las não é uma atitude legal.

Apesar das preocupações, a maioria dos comentários achavam o vídeo engraçado. Uma mulher disse que tinha passado por uma situação similar em casa e que desde esse episódio, o primeiro lugar que examina com o sumiço de alguns itens é o quarto dos filhos, pois disse que crianças podem ser assim. Outra disse que o garotinho “estava juntando todos aqueles itens para uma aventura que os adultos não tinham ideia”. Uma mãe comentou que seus dois filhos, um de 2 e outro de 4 anos, também eram propensos a coletar itens e escondê-los, como “os gremilins fazem”.

4 Mae se surpreende ao fazer faxina no quarto do filho e encontrar saco de lentilha velha

Direitos autorais: Reprodução TikTok / @gabzott.

Segundo outra mãe, na sua casa instituiu um sistema simples: sempre que algo some, ela pergunta à sua bebê se ela o viu. Na maioria das vezes, a criança volta para a mãe com o item sumido nas mãos.

Aparentemente, esse acúmulo de itens por crianças é mais comum do que pensávamos.

0 %