Família

Mãe trabalhava 12h por dia em mercado de peixe para garantir estudos de filho. Hoje ele é médico!

1 capa Mae trabalhava 12h por dia em mercado de peixe para garantir estudos de filho Hoje ele e medico

Em sua barraca de peixe, Nenita Ronquillo trabalha mais da metade do dia, há 20 anos, para garantir o sustento da família e oferecer as melhores oportunidades para seu filho.



Quando uma criança nasce, a responsabilidade pela sua educação e sustento chega junto com ela. Não é fácil garantir que ela estude nos melhores locais, que vista as melhores roupas, que se alimente de forma saudável, seja gentil e amorosa. Além de todo o trabalho de atenção e cuidado, ainda precisamos trabalhar durante várias horas do dia para garantir o dinheiro que pagará tudo o que imaginamos e queremos para nossos filhos.

Mas nem sempre, por meio desse trabalho, é possível arcar com todas as despesas. Muitas pessoas se encontram em situação de vulnerabilidade porque enfrentam as desigualdades sociais e mercadológicas, tendo de empenhar sua força de trabalho em algo que nem sequer garantirá um prato de comida ao fim do dia. Essa, com certeza, não deveria ser a realidade de ninguém mas, infelizmente, a incerteza de suprir as necessidades básicas faz parte do dia a dia de milhões de pessoas.

O esforço de uma mãe para garantir que seu filho tenha um futuro melhor é impressionante e inexplicável. Muitas mulheres abdicam do próprio bem-estar para ver um filho alçar voos mais altos. Esse é o caso de Nenita Ronquillo, de 57 anos, que trabalha há mais de 20 anos em um mercado de peixes em Manila, nas Filipinas. Com uma frenética rotina de mais de 12 horas de trabalho por dia, essa mãe ganha pouco mais de R$ 100,00 em cada jornada.


O principal objetivo de Nenita sempre foi garantir a melhor educação para John Nico Ronquillo, pois ela sempre soube que, para sair da pobreza, a única forma garantida é através do aprendizado.

Para isso, ela nunca poupou esforços, e trabalhou incansavelmente até tarde da noite, todos os dias, abrindo mão de desfrutar da própria vida para realizar o sonho de outra pessoa.

1 2 Mae trabalhava 12h por dia em mercado de peixe para garantir estudos de filho Hoje ele e medico

Direitos autorais: reprodução YouTube/GMA.

Nico também se esforçou muito, honrando todo o suor que sua mãe deixava no mercado de peixes diariamente. Com muito foco e determinação, cumpriu o desejo de sua mãe e se tornou médico.


Eles sempre tiveram uma ligação forte. Nenita precisou abandonar seu marido, quando descobriu que ele tinha outra família, e passou a enfrentar a mais dura realidade de uma mãe solo.

1 3 Mae trabalhava 12h por dia em mercado de peixe para garantir estudos de filho Hoje ele e medico

Direitos autorais: reprodução Facebook/Nenita Ronquillo.

Ao invés de viver amargurada pela traição do ex-marido, Nenita preferiu se reconstruir e garantir que Nico saísse do círculo de pobreza em que eles viviam. As coisas sempre foram difíceis, em alguns momentos, o filho não podia ir à escola, porque sua mãe não havia ganhado dinheiro suficiente para pagá-la.

1 4 Mae trabalhava 12h por dia em mercado de peixe para garantir estudos de filho Hoje ele e medico

Direitos autorais: reprodução Facebook/John Nico Ronquillo.


O orgulho que essa mãe sente agora não consegue ser traduzido em palavras. Graças ao seu sacrifício, seu filho conseguiu sair da pobre realidade que bem conhecia.

Atualmente, Nico trabalha na linha de frente do sistema de saúde local no combate ao novo coronavírus, e sempre alerta seus amigos e pacientes sobre os riscos da doença, recomendando que fiquem em casa, se possível.

Ele é um apaixonado pela vida, o que faz com que a medicina seja a profissão perfeita!

O que você achou da história dessa mãe?


Compartilhe-a nas suas redes sociais e comente abaixo!

Não há jura de amor que prenda uma mulher forte em um relacionamento morno e infeliz

Artigo Anterior

“O amor não tem cor em minha casa!”: mulher é confundida com babá dos filhos adotivos por ser negra

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.