Reflexão

Mães competitivas: quando a sua mãe tem inveja do seu sucesso

capamaes competitivas quando a sua mae tem inveja do seu sucesso
Comente!

Entenda as dimensões dessa realidade vivida por tantos filhos.

Embora as relações entre mães e filhos sejam bastante romantizadas, a realidade é que nem sempre essas mulheres desempenham um bom papel em nossas vidas.

Em oposição à postura de amor, acolhimento e respeito que podemos atribuir às mães, muitas delas são verdadeiras vilãs da nossa história, prejudicando seriamente a nossa saúde emocional por toda a vida.

A competitividade é uma das características negativas que determinadas mães podem apresentar no relacionamento com os filhos. As mães competitivas são aquelas que parecem viver em uma disputa constante com os herdeiros. Assim como os adolescentes, elas sentem que precisam provar o todo tempo, querem ser melhores do que eles na aparência, no trabalho, no círculo social e até mesmo nas relações em família.

Essas mulheres, ao invés de proteger seus filhos e guiá-los pela vida, são suas rivais, e o seu comportamento pode afetar diretamente a formação da autoestima e do amor-próprio das crias.

Características das mães competitivas

Por pior que seja dizer algo assim, a realidade é que as mães competitivas não nutrem muito amor pelos filhos, muito pelo contrário, seus corações podem ser dominados por inveja, ciúme, rancor e até mesmo ódio deles.

Exigem muito emocionalmente dos filhos e, ainda que indiretamente, forçam-nos a atingir objetivos quase impossíveis apenas para que possam lhes oferecer o mínimo de amor, carinho e reconhecimento.

Por mais que encorajem os filhos a buscar boa aparência e desempenho profissional, acadêmico e social, elas se sentem ameaçadas pelo sucesso dos rebentos e lhes oferecem total desprezo e falta de carinho.

Em público, gostam de demonstrar admiração e cuidado com os filhos, elogiando-os por tudo, mas no privado, vivem ridicularizando, criticando e minimizando suas conquistas e sonhos.

O sentimento de rivalidade é constante, e as mães sempre tentarão superar os filhos em tudo. Se eles entrarem numa academia, por exemplo, elas também estarão lá, tentando desesperadamente provar que são melhores, o mesmo serve para qualquer outra atividade, como cursos e hobbies. Se ingressarem na academia, na aula de idiomas, num treinamento, sua mãe os seguirá.

Perdidas no próprio ego, essas mães também tentarão sabotar o sucesso dos filhos, contrariando todos os princípios de uma educação saudável. Longe de ser uma fonte de inspiração, elas são obstáculos mortais a serem driblados ou evitados a todo custo.

Como lidar com as mães competitivas

Esse tipo tóxico de maternidade costuma ser protagonizados por mulheres com personalidade narcisista, com imaturidade emocional explicitada por sua insegurança, baixa autoestima e necessidade de atenção e aprovação externas.

Infelizmente, esse tipo de relacionamento familiar é muito mais comum do que imaginamos, e é necessário que os filhos aprendam as estratégias corretas para lidar com a toxicidade dessas mulheres, evitando ser consumidos por elas, deixando morrer todo o seu brilho e planos.

Assim como com quase todo conflito na vida, confrontar ou exigir mudança de comportamento das mães narcisistas é algo que raramente funciona. Ao nos encontrar nessas situações, o melhor a fazer é tomar boas doses de amor-próprio. Encontrar dentro de nós motivos para nos amar e nos orgulhar de quem somos, mesmo que tenhamos sido subestimados por elas a vida toda ajuda a percebermos o nosso valor, o que automaticamente muda as nossas prioridades e nos guia por um caminho muito mais saudável.

Crescer tendo nas mães uma fonte constante de decepção e baixo valor é algo muito péssimo, mas cabe a nós recomeçar e dar novo significado para a nossa história, tornando-nos protagonistas de um novo e saudável futuro!

Comente!

As mulheres destes 3 signos são consumidas pelo ciúme!

Artigo Anterior

Ex-BBB Ariadna é alvo de transfobia após mostrar novo namorado

Próximo artigo