Mães e filhas: vínculo que cura, vínculo que fere

“Nossas células se dividiram e desenvolveram ao ritmo do seu batimento cardíaco; nossa pele, cabelo, coração, pulmões e ossos foram alimentados pelo seu sangue, sangue que estava cheio de substâncias neuroquímicas formadas em resposta a seus pensamentos, crenças e emoções. Se sentia medo, ansiedade, nervosismo, ou muito infeliz sobre a gravidez, nossos corpos absorviam; se sentia segurança, felicidade e satisfação, absorvíamos também.” – Christiane Northrup



Cada criança carrega consigo sua mãe. É uma ligação eterna da qual nunca poderemos nos separar. Porque, se alguma coisa deve ficar clara, é que sempre carregaremos algo de nossa mãe.

Para ser saudável e ser feliz, cada um de nós tem que saber como nossa mãe influenciou a nossa história e como ainda o faz. É ela que nos oferece nossa primeira experiência de amor e apoio, ainda antes do nascimento. E é através dela que entendemos o que é ser mulher e como cuidar ou não cuidar de nossos corpos.

O legado que herdamos de nossas mães

“A melhor herança de uma mãe para sua filha é ter se curado como mulher” – Christiane Northrup


Qualquer mulher, sendo mãe ou não, carrega as consequências do relacionamento que teve com sua mãe. Se sua mãe transmitiu mensagens positivas sobre o corpo feminino e o jeito que deve cuidá-lo, seus ensinamentos serão sempre parte de um guia para a sua saúde física e emocional.

No entanto, a influência de uma mãe também pode ser problemática quando o papel que desempenha é tóxico devido ao descuidado, ciúmes, controle ou chantagem.


Cuidado materno, um nutriente essencial para a vida

Quando uma câmera de TV foca em um membro do público em um evento esportivo ou qualquer outro … O que as pessoas costumam gritar? “Oi Mãe !!”.


Quase todos nós temos a necessidade de sermos vistos por nossas mães, buscarmos a sua aprovação. Originalmente, essa dependência é devida a questões biológicas, porque precisamos delas para sobreviver durante muitos anos; no entanto, a necessidade de afeto e aprovação é forjada a partir do primeiro minuto, desde que as olhamos buscando aprovação por algo que estamos fazendo ou se somos dignos de uma carícia.

Como Northrup diz, o vínculo mãe-filha está estrategicamente projetado para ser um dos relacionamentos mais positivos, abrangentes e íntimos que temos na vida. No entanto, isso nem sempre acontece …

Ao longo dos anos, a necessidade de aprovação pode se tornar patológica, dando origem a obrigações emocionais que fazem com que nossa mãe tenha o poder do nosso bem-estar durante toda ou a maioria de nossas vidas.

O fato de nossa mãe nos reconhecer e aceitar é uma sede que temos que saciar, mesmo que para isso tenhamos que sofrer. Isto significa uma perda de independência e liberdade que nos apaga e transforma.


Como começar a crescer como mulher e filha?

A decisão de crescer implica a limpeza de feridas emocionais ou qualquer assunto que deixamos inacabado na primeira metade da nossa vida. Esta transição não é uma tarefa fácil, porque primeiro precisamos identificar quais partes da relação mãe-filho exigem resolução e cura.

Depende de nosso senso de valor presente e futuro. Isso acontece porque há sempre uma parte de nós que acha que devemos dar em excesso à nossa família ou parceiro para sermos dignos de amor.

A maternidade e até mesmo o amor das mulheres permanecem sendo sinônimos culturais de sacrifício, na mente coletiva. Como resultado, não nos dedicamos a cultivar nossa mente de mulher, mas a moldamos ao gosto da sociedade em que vivemos.

As expectativas do mundo sobre nós podem tornar-se muito cruéis. Na verdade, constituem um verdadeiro veneno que nos faz esquecer nossa individualidade.

“Estas são as razões que tornam tão necessárias a ruptura com a cadeia de dor e a cura completa dos nossos vínculos, ou das memórias que temos deles. Temos de perceber que estes há muito tempo tornaram-se espirituais e, portanto, temos que fazer a pazes com as esquisitices com as quais vivemos. Sejam ou não tão ruins.”

 

___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: La Mente es Maravillosa

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.