7min. de leitura

A maior busca do ser humano para saber como funciona a sua mente:

Estamos numa era, onde as tecnologias avançam rapidamente e as informações são múltiplas em todo Universo.

Realmente a Mecânica Quântica fez uma grande diferença neste patamar, quando no ano de 1895 os físicos achavam que nesta ciência já não havia mais nada para descobrir, tudo já estava pronto e entendido no Universo.


Mas, na verdade, já quase 100 anos antes o físico, médico e egiptólogo britânico Thomas Young(1773-1829) com um simples experimento da  Dupla Fenda, já mostrava uma realidade diferente, mas varrida debaixo do tapete. Ela derrubava a confirmada teoria clássica de Isaac Newton.

Mas não demorou, então, no ano de 1900, Max Planck mudou definitivamente a física que se considerava completa e entendida.

Alguém pode perguntar porque faço esta revisão neste artigo, mas eu considero isso importante para que todos saibam como foi o avanço da ciência e como, até hoje, passando o ano de 2017, muitas pessoas ainda não tem noção desta descoberta. Bom, alinhou para o lado das tecnologias, mesmo que o interesse maior se deu durante a Segunda Guerra Mundial, nos anos de 1930 e 1940.


Também tivemos brilhantes cientistas que se dedicaram à pesquisa nesta época, como Albert Einstein, Niels Bhor, Jon Von Neumann, Erwin Schroedinger, Max Born, Werner Heisenberg, Louis-Victor de Broglie, entre muitos outros nomes que construíram a ciência, ou melhor, neste caso, a física.

A partir daí, as tecnologias explodiram e todos hoje todos podem ver como este avanço é considerável por todos os lados.

Mas agora vem o mais importante de tudo e as pessoas não observam o que está a muito tempo debaixo do sol.

Esta mesma Mecânica Quântica e suas leis que regem os eletrônicos, como celular, cd, rádio, televisão, lâmpadas, computadores, entre muitas outras que usamos diariamente são as mesmas leis que regem o nosso cérebro, pensamentos, sentimentos, a nossa emoção e criam a nossa realidade,  boa ou ruim.


Mas existe um pequeno porém: ainda hoje existem pessoas que não aceitam esta máxima, acreditam que o átomo só funciona para as tecnologias e não para a mente do ser humano, mesmo sabendo que o nosso corpo é composto por células, moléculas e átomos. Portanto, se o corpo é composto por átomos, qual seria a diferença então?

Posso concordar que os neurocientistas e médicos, psicólogos realmente não se dedicaram tanto à pesquisa, estudo e experimentos como os físicos, matemáticos e engenheiros se  dedicaram para as tecnologias.

Mas já foi comprovado cientificamente que pode ser medida a frequência do nosso corpo, e também atualmente nos Estados Unidos já existem telefones celulares que fazem isso.

Então, falta muito pouco para que todas as pessoas do Planeta Terra tenham acesso fácil, podendo medir a frequência a que estão vibrando em determinado momento.

O melhor de tudo isso, realmente, é o avanço das tecnologias que contribuem para que o ser humano se conheça e saiba como consegue reprogramar a sua mente, o que precisa fazer para mudar pensamentos, sentimentos e vibração.

O átomo vibra, é energia. Então, o nosso corpo vibra conforme o sentimento que é 5000 vezes mais forte do que o pensamento. Juntos, formam a frequência. E existem tabelas já prontas em termos de Hz devido ao que a pessoa está vibrando. E para alcançarmos os objetivos, precisamos vibrar em torno do amor que é, em média, 500 Hz. Quando ao ódio, vibramos a uma frequência 30 Hz.

É claro que sentimentos negativos têm baixa frequência e sentimentos positivos têm alta frequência, conforme o que desejamos e mudamos o agir, o sentir, conforme se gira um botão de rádio ou televisão, o processo é o mesmo. Trocamos o canal, trocamos sentimentos e pensamentos que formam a emoção. Sendo esta a chave do sucesso.

Aonde pretendo chegar?

Todo mundo sonha em ser feliz, próspero, ter o relacionamento dos seus sonhos, realizar-se profissionalmente, ter uma família feliz e unida, poder viajar e tudo mais, cada um com seus sonhos.

Mas a grande pergunta é porque as pessoas não são completamente felizes? A resposta primeira é que não conhecem a si mesmas e não sabem como processa o inconsciente e o consciente.

Devo admitir que a ciência, não está tão desenvolvida para este lado quanto as tecnologias, mesmo sendo regidas pelas mesmas leis.

Primeiro ponto. Controlar sentimentos e pensamentos. Segundo ponto: fazer uma reprogramação do inconsciente, impregnado de paradigmas que sabotam o que se quer.

A sabotagem pelo ego é o maior problema, mas a humanidade não sabe disso. Acreditar sem duvidar é o ponto principal.

Sentir, pensar, programar-se, reprogramar o inconsciente, planejar objetivos a curto, médio e longo prazo.

Tudo é possível, os traumas gravam e bloqueiam. O que se escuta na infância, arrasta-se  para a vida toda, até que sejam canceladas estas programações que atrapalham alcançar os sonhos desejados. Então relaxamos com algumas respirações, (em torno de 20, já durante as respirações podemos agradecer por tudo, a cada respiração) entramos no nível da inconsciência e cancelamos o que não queremos mais, ativando o que queremos. Muito simples.

O ego, muitas vezes, querendo permanecer na zona de conforto, bloqueia os objetivos, então, é necessário muita persistência e ação para chegar lá, sem duvidar, acreditando que tudo é possível!

Definir metas e acreditar é o ponto chave, sem duvidar.

______________

Direitos autorais da imagem de capa: nexusplexus / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.