Comportamento

Mais de 30 bebês são salvos da paralisia em cirurgia “inovadora” feita dentro do útero!

2 capa Mais de 30 bebes sao salvos da paralisia em cirurgia inovadora feita dentro do utero

Médicos descobrem que realizar a cirurgia em bebês com espinha bífida de 23 a 26 semanas de gestação tem melhores resultados do que após o nascimento.



A espinha bífida é um problema congênito, que acontece quando os ossos da coluna não se formam de maneira apropriada. A coluna do bebê fica com uma abertura, que pode interferir tanto na vida da criança quanto impossibilitar que andem, quando em seu estágio mais grave. Os médicos ainda não sabem quais são as causas da espinha bífida, mas algumas pesquisas indicam que a genética, diabetes gestacional, o uso de alguns medicamentos e a alimentação podem influenciar nesse quadro.

No Reino Unido, sucessivas cirurgias em bebês ainda no útero da mãe estão sendo realizadas desde janeiro de 2020. Foram 32 bebês que passaram pelo procedimento, todos com algum grau de espinha bífida e foram salvos da paralisia antes mesmo de nascer.

De acordo com o NHS England, o Serviço Nacional de Saúde local, o procedimento pode precisar de uma equipe de 30 médicos.


A espinha bífida, além de paralisia, pode prejudicar o sistema urinário, renal e intestinal, reduzindo a qualidade de vida dos pacientes. Em reportagem do jornal Sky News, Helena Purcel descobriu que sua filha tinha a condição na 23ª semana de gestação, e logo foi informada que ela provavelmente não conseguiria andar, teria incontinência urinária e poderia precisar de um implante no cérebro.

A gravidez veio após cinco outras tentativas de fertilização in vitro e, em março deste ano, ela deu à luz a uma garotinha chamada Mila, no University College London Hospitals NHS Foundation Trust (UCLH), três meses após se submeter à cirurgia.

A mãe não consegue colocar em palavras a sensação de ter uma filha curada antes mesmo de nascer, ela diz que os profissionais são heróis e que a cirurgia que fizeram foi “simplesmente alucinante”.

2 2 Mais de 30 bebes sao salvos da paralisia em cirurgia inovadora feita dentro do utero

Direitos autorais: reprodução/NHS England.


Helena diz que a filha tem apresentado bons sinais de desenvolvimento, mas ainda há um pouco de fluido no cérebro. Ela está sendo acompanhada no Great Ormond Street Hospital (GOSH). O serviço de saúde explica que as cirurgias antes de os bebês nascerem têm mostrado resultados muito melhores.

Na equipe médica, são necessários 30 médicos de áreas diferentes, como cirurgiões fetais, neurocirurgiões, anestesiologistas, obstetras, cirurgiões neuropediátricos, radiologistas, além de neonatologistas.

O diretor do NHS England, Stephen Powis, conta que, além de lutar contra a pandemia global, os médicos continuam a se desenvolver e oferecer serviços pioneiros à população.

2 3 Mais de 30 bebes sao salvos da paralisia em cirurgia inovadora feita dentro do utero

Direitos autorais: reprodução/NHS England.


Mais de 30 bebês já passaram pelo procedimento inovador, e os médicos esperam que mais famílias possam usufruir desse tratamento, melhorando a qualidade de vida das crianças por meio de uma intervenção feita antes mesmo do seu nascimento.

Compartilhe esta notícia nas suas redes sociais!

“Deus me colocou lá naquele dia”: policial salva vida de recém-nascida de 9 dias em carro e emociona!

Artigo Anterior

Blogueira revela que não vai ter filhos para “salvar o planeta” da superpovoação e recebe críticas

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.