5min. de leitura

Manipulação emocional: quando a outra pessoa faz de tudo para você se sentir culpado

Você já foi manipulado emocionalmente por alguém?



Essa é uma das situações mais desgastantes que uma pessoa pode enfrentar, porque causa feridas na alma, feridas que podem afetar toda a sua vida.

A manipulação emocional é baseada em abuso verbal, críticas à autoestima, comportamento passivo-agressivo e isolamento, e pode ser praticada por qualquer pessoa à nossa volta. De fato, costuma vir daqueles de quem menos esperamos.

Infelizmente, em certos contextos, essa realidade estará sempre presente, porque não podemos escolher todas as pessoas com as quais convivemos. Nesse sentido, a melhor coisa a fazer por nós mesmos é aprender a detectar a manipulação emocional.


Aprendendo a compreender a manipulação emocional

Podemos acreditar que estamos livres dessa maldição, porque ela chega claramente, por meio de pessoas que, desde o começo, se mostram ruins para nós. Mas não é assim que as coisas funcionam.

A manipulação pode vir de nossos pais, amigos, colegas de trabalho ou apenas conhecidos e, muitas vezes, usa uma fantasia de bondade. Ela também pode ter objetivos diferentes, desde apenas reforçar uma necessidade de controle até nos magoar e prejudicar nossa autoestima.

As pessoas que praticam a manipulação emocional são, muitas vezes, inseguras e infelizes, elas desejam manipular as demais para sentir que têm controle sobre alguma coisa ou alguém, isso lhes dá conforto em meio a todas as coisas sobre as quais jamais terão poder.


Existem algumas declarações que manipuladores usam com muita frequência e podem nos ajudar a reconhecê-las. Veja algumas:

Faça o que você quiser

Essa é uma fase clássica. O manipulador faz ameaças brancas ao manipulado, ele oferece a falsa sensação de escolha ao mesmo tempo em que deixa claro que as coisas mudarão, caso a sua vontade não seja cumprida. Com isso, ele desperta medo no manipulado, que acaba cedendo e desistindo de seu objetivo inicial.

Não está acontecendo nada comigo

Seu comportamento muda repentinamente, e, quando a outra pessoa pergunta o que está acontecendo, dizem que está tudo bem. Depois disso, um longo silêncio surge até que a outra parte tente adivinhar o que fez de errado, ainda que não tenha feito nada, e se desculpe. Essa é uma técnica de manipulação muito comum, com a intenção de fazer o outro se sentir culpado.

Depois de tudo o que eu fiz por você

Essa é uma das maneiras mais eficazes de despertar a culpa na outra pessoa e fazê-la se desculpar por coisas que nem mesmo fez.

O manipulador faz questão de lembrar de todas as coisas que já fez para o manipulado, a fim de poder controlar suas atitudes e receber o reforço de que precisa no ego. Faz coisas para os outros apenas para poder cobrá-las, e com juros muito altos.

Eu não sou nada sem você

A vitimização também é um dos comportamentos clássicos dessas pessoas. O manipulado pode temer que o manipulador faça alguma coisa prejudicial a si mesmo depois de ouvir uma frase como essa, por isso permanece ao seu lado, mesmo que não queira, para garantir o seu bem-estar.

Esses são alguns dos exemplos mais comuns dos manipuladores emocionais. Sempre encontraremos pessoas assim, mas isso não quer dizer que devemos aceitar o seu comportamento ou permitir que nos prejudiquem.

Estabeleça limites saudáveis com qualquer pessoa e cuide muito bem de sua saúde emocional. Não dê a ninguém o poder de controlar a forma como se sente. Coloque-se em primeiro lugar e afaste-se de todos aqueles que precisam vê-lo mal para sentir-se bem.

Longe de todo tipo de manipulação, você é muito mais feliz.

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. Direitos autorais da imagem de capa: Ken Ozuna/Pexels.

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.



Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.