Notícias

Marcos Mion é contratado pela Globo para substituir Luciano Huck aos sábados

Três meses após ser anunciado como novo integrante do elenco da Netflix, Marcos Mion foi contratado pela Globo nesta sexta-feira (6). Ele assumirá o Caldeirão a partir de 4 de setembro, no lugar de Luciano Huck, que estreará no dia seguinte à frente do Domingão.



O namoro da Globo com Mion começou no início do ano, logo após ser demitido da Record. Ele era o favorito de J.B. Oliveira, o Boninho, para assumir o No Limite 5. Mas como ainda estava em cumprimento de aviso prévio com a emissora de Edir Macedo, acabou perdendo a vaga para Andre Marques.

Em abril, o ex-apresentador de A Fazenda foi contratado pela Netflix, na qual apresentaria reality shows e desenvolveria documentários. E o contrato com a gigante do streaming se tornou uma dor de cabeça para Mion, que precisará pedir demissão antes mesmo de iniciar suas atividades na plataforma.

A informação da contratação de Mion pela Globo foi publicada em primeira mão pelo jornalista Flavio Ricco, do R7, e confirmada pelo Notícias da TV. Profissionais das áreas artística, de programação e comercial começaram a trabalhar na tarde desta sexta com o nome de Mion para o Caldeirão.


A Globo tem pressa porque resta pouco tempo para colocar um programa praticamente novo no ar, já que as principais atrações do Caldeirão, como os quadros Quem Quer Ser Milionário? e The Wall, vão para o Domingão.

Globo e assessoria de Marcos Mion ainda não se manifestaram. Um comunicado oficial é aguardado para as próximas horas.

Correndo contra o tempo.

A Globo bateu o martelo há duas semanas sobre a estreia de Luciano Huck à frente do Domingão, marcada para 5 de setembro. Em comunicado, a emissora havia informado que um novo apresentador assumiria o Caldeirão em caráter esporádico, até o fim do ano.


Mas em uma reavaliação sobre sua grade de sábado, a emissora notou que haveria um grande desfalque, já que o Se Joga será descontinuado, e o Caldeirão teria um “tapa-buraco” no comando até a definição do novo titular.O impacto comercial poderia ser grande, e a estratégia foi alterada.

Como Marcos Mion retornou ao Brasil após uma temporada nos Estados Unidos, a Globo voltou a procurá-lo por não ter encontrado em seu elenco um nome forte e capaz de manter a tônica descontraída do programa comandado por Huck há 21 anos.

Nesta sexta-feira, Mion passou boa parte da manhã e da tarde gravando novos vídeos comerciais para uma operadora de telefonia móvel. Na próxima segunda-feira (9), ele participaria ao vivo do Papo de Segunda, do GNT. Mas a Globo optou por fazer sua “estreia” no Lady Night, de Tatá Werneck. A gravação está marcada para a próxima semana.

Recontratado após 22 anos.


Marcos Mion à frente do Caldeirão marca o retorno à emissora em que fez sua estreia na TV, há 22 anos. Ele integrou o elenco da primeira temporada do seriado Sandy & Junior, em 1999, interpretando Max Müller.

No ano seguinte estreou como VJ na MTV. Seu comportamento anárquico chamou a atenção da Band, que o contratou dois anos depois. Em 2004 ele retornou ao canal musical, e dois anos mais tardes passou a fazer participações em novelas e séries da Record.

Em 2010, a emissora de Edir Macedo o efetivou em seu elenco, e o colocou para comandar o Legendários (2010-2017). Mas foi à frente de A Fazenda que ele conseguiu chamar a atenção da concorrência, sobretudo da Globo, que por diversas vezes foi derrotada por ele no comando do reality show.


Walkyria Santos pede lei contra haters: ‘Não consegui salvar meu filho’

Artigo Anterior

Menina entra na lista de mulheres mais poderosas da Forbes aos 12 anos por ajudar idosos em vacinação

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.