ColunistasCrônicas

Maria júlia – todo mundo tem um pouco…

Ela se chama Maria Júlia.



Nome composto. Formado por diversas partes.

Leonina. Ex estagiária.

Recém-formada. Advogada trabalhista.


Três tatuagens. Três histórias.

Gosta de Louboutin. Usa tênis Vans.

Passa o tempo lendo Harry Porter. Adora Star Wars.

Assiste ´´Game of Thrones´´. De vez em quando ´´How to get away with murder´´.


No final de semana gosta de sair para jantar, ir ao cinema, visitar a Comic Con.

Durante a semana ela dá duro, se entrega e se dedica.

Ela sente, ela vive intensamente. Ela é do mundo. Viaja sozinha. Quer conhecer lugares novos. Tem seus planos.

Maria Júlia fala sobre sua vida só para quem se interessa. Ela não precisa dividir todas as suas experiências. Ela divide o que quer, quando quer. Ela fica perto de quem gosta. Ela não perde tempo com quem não importa. Mas sabe dá valor as pessoas que ama, do seu jeito e no seu tempo.


Sua sensibilidade e capacidade de percepção do outro é impressionante. Ela entende as pessoas. Ela enxerga o que ninguém vê. Ela presta atenção quando ninguém está prestando. Ela é capaz de falar sobre você e te descrever de uma maneira que você nem poderia imaginar. E não duvide, porque ela vai acertar.

Maria Júlia não tem necessidade de aprovação. Ela não dá satisfação sobre suas decisões apenas porque não precisa. Ela é livre e autossuficiente. É independente. Ela tem energia dentro de si.

Maria Júlia não se interessa por fofocas. Nem por grupos de WhatsApp. Ela se interessa por você. Ela se envolve nos seus assuntos. Conte o que quiser. Compartilhe seus maiores desejos e medos. Ela receberá sem preconceitos ou preconceitos. Ela respeita o outro. Ela respeita o que você quer ser. E ela nunca (nunca!) irá te julgar.

Suas relações são leves e espontâneas. Não há obrigação, nem cobranças. Ela está ao seu lado sem esperar nada em troca. Ela ama e sabe quando é amada. Simplesmente porque sabe e não precisa de provas.


Suas conversas são profundas, suas conclusões são inteligentes, sua maturidade é assustadora.

Isso é Maria Júlia, nome composto, diferentes partes que formam o todo.

Todo mundo tem um pouco de Maria Júlia. Mas sorte de quem tem Maria Júlia o tempo todo.

Marina Simões


Eu quero é falar de amor!

Artigo Anterior

O inferno são os outros…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.