Comportamento

Marina Ruy Barbosa é criticada por publicação sobre “representatividade ruiva” nas redes

Depois que a atriz compartilhou um vídeo nas redes sociais, a internet se uniu em peso para criticá-la. Entenda!



A representatividade tem sido pauta de muita discussão nos últimos tempos. Por definição, representatividade é a “qualidade de alguém, de um partido, de um grupo ou de um sindicato, cujo embasamento na população faz que ele possa exprimir-se verdadeiramente em seu nome”.

Normalmente, quando ouvimos falar em representatividade, ela está mais atrelada a grupos vistos como “não aceitos na sociedade”, como os negros, a comunidade LGBT, entre outros, e as pessoas pertences a eles defendem que precisam ser mais exploradas na sociedade, seja na publicidade, no campo dos estudos, entre outros, porque isso faz com que acreditam mais em seu potencial e sejam verdadeiramente aceitas.

Quando essas pessoas sentem que o conceito de representatividade está sendo aplicado de forma indevida, manifestam-se em peso. Foi isso o que aconteceu no último fim de semana.


A atriz Marina Ruy Barbosa, 26, foi alvo de muitas críticas por compartilhar um vídeo nas redes sociais que não foi bem-visto pelos internautas. As imagens mostravam duas crianças com os cabelos ruivos olhando uma foto sua exposta em um centro de compras.

Na legenda da imagem, estava escrita a seguinte frase: “Depois falam que representatividade não é importante.” Não demorou muito para que a atriz começasse a ser criticada nas redes sociais.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@marinaruybarbosa.

Muitas pessoas consideraram errado o uso do termo “representatividade” na imagem. Uma usuária escreveu que é legal que as crianças encontrem outras pessoas com cores de cabelo iguais às suas, mas que nesse caso não se tratava de representatividade, porque as pessoas ruivas não são alvo de preconceitos na sociedade, como os “negros, LGBTs e PcDs”.


Outros saíram em sua defesa, como uma internauta que disse que essa é sim uma forma de representatividade, de referência. Ela ainda acrescentou que raças, corpos e características deveriam ser considerados como representativos a partir do momento em que alguém se sente identificado.

Com a polêmica, Marina esclareceu que ela não era a autora da legenda, que apenas repostou o vídeo porque achou fofa a identificação que sua imagem gerou nas fãs mirins, ainda assim continuou sendo atacada por compartilhar uma visão considerada errada por muitos.

Então a atriz se pronunciou no Twitter em resposta às muitas críticas: “Sério que vocês estão problematizando um stories que eu apenas repostei com fãs mirins? Gente, pelo amor né. Tantas coisas mais importantes pra vocês se preocuparem”, escreveu a atriz.


Estes 5 signos são os mais carinhosos e compreensivos. Eles nunca partirão o seu coração!

Artigo Anterior

Só as pessoas mais observadoras conseguem encontrar os 6 itens escondidos na imagem!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.