Notícias

Martinho da Vila diz que Bolsonaro dá “maus exemplos” e que votará no Lula

Martinho da Vila diz que Bolsonaro da maus exemplos e que votara no Lula

O cantor Martinho da Vila, de 84 anos, afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (PL) é uma pessoa que dá “maus exemplos”, e que votará no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no pleito presidencial deste ano.

Em entrevista, Martinho disse que vê relação entre os casos de racismo recorrentes no país nos últimos anos com a postura do governo federal, pois Bolsonaro “não dá bons exemplos, ele dá maus exemplos”.

“A função do chefe é dar exemplos. Eles não vêm de baixo, vêm de cima. Quem toca as coisas é o chefe da família, o chefe da nação”, declarou.

Para Martinho da Vila, o racismo “é uma doença terrível”, mas, similar ao preconizado por Nelson Mandela, “é uma doença curável”.

“Ninguém nasce racista. Aprende a ser racista. E, se aprende a ser, pode aprender a amar o próximo. O racismo está forte. E agora, com a internet, as pessoas podem fazer agressões e ficar escondidas. Então, os racistas botaram as asinhas de fora”, declarou.

Questionado sobre as eleições gerais de outubro, Martinho da Vila foi enfático ao afirmar que votará em Lula, e adiantou que, caso o petista lhe peça, ele fará campanha para sua chapa.

“Se ele me pedir, eu faço [campanha], porque ele é meu amigo. Para os amigos eu faço tudo. Para os inimigos, nada”, pontuou.

Na entrevista, Martinho da Vila também defendeu que o Carnaval deste ano, adiado para abril devido à pandemia de coronavírus, não fosse realizado, deixando apenas para o próximo ano, pois “a situação está ruim”.

Vila lembrou que já foi diagnosticado com covid-19 e disse que o vírus o “persegue”, pois não quer vê-lo homenageado pela escola de samba Vila Isabel.

“Esse vírus me persegue. Ele me atacou uma vez e, além disso, fica não querendo que eu seja homenageado pela Vila Isabel. Ia ser no ano passado, passou para este ano, agora para abril, ainda está arriscado a passar para o outro ano. Mas ele vai perder para mim”, completou.

0 %