3min. de leitura

Maturidade é ver a evolução em situações que outros chamam de sofrimento

Vivemos em um mundo, que rodeados de tecnologia e ostentação, emitimos falsas alegrias nas redes sociais, onde muitos disputam quem é mais feliz, quem ganhou o melhor presente, querendo mostrar que a sua vida é melhor que a vida dos outros.

Porém, não devemos e podemos acreditar que tudo é verdade. São poucos aqueles que são felizes com coisas simples, como ver o pôr do sol, admirar as estrelas, o despertar de um gato ou um beijo na testa.



Vivemos esperando o dia em que seremos de verdade felizes: “quando ter o carro que eu quero vou ser feliz”. “Quando viajar para Paris serei feliz”. Esquecemos de viver o presente, se lamentando do passado ou pensando demais no futuro, sabendo que nosso futuro a Deus pertence, pois se hoje estamos aqui, amanhã podemos não estar mais.

Se hoje fosse seu último dia de vida, pense se você está em paz com o que você fez, se aproveitou ao máximo sua vida e as pessoas que estavam ao seu lado. Ou foi derrotado pela reclamação, ambição e ódio?

Muitas pessoas, ao verem a alegria nas redes sociais, não conseguem enxergar as dores que estão nas entrelinhas e no olhar. Outras, vendo a felicidade e alegria, entram em crise de reclamação onde apenas sua vida é imperfeita, baseado nas redes sociais.

O ato de reclamar altera nosso cérebro e quanto mais você reclama, mais coisas negativas chegam à sua vida. Então, qual o segredo? Gratidão! Até mesmo pelas pequenas coisas e principalmente por aquilo que deu errado na sua vida.


Muitas vezes, pensamos que era o melhor pra nós, e depois de um tempo, de tanto dar errado, vemos que o melhor foi exatamente como aconteceu. Doeu, mas foi um grande aprendizado, valorizar esses momentos por mais dolorosos que sejam é uma forma de felicidade, sem precisar publicar nas redes sociais.

Maturidade é ver a evolução em situações que outros chamam de sofrimento…  A felicidade está nas pequenas coisas, e a forma de ver a vida é você quem decide. Decida viver em paz.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: gaudilab / 123RF Imagens

br>







Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.