Notícias

Médica que cuida de Joelma já foi convidada para ser ministra da Saúde

Foto: Instagram
Medica que cuida de Joelma ja foi convidada para ser ministra da Saude

Ludhmila Abrahão Hajjar é a cardiologista que esteve à frente do tratamento de Joelma nesta semana e Virginia Fonseca, no mês passado. Uma das maiores referências da medicina no Brasil em 2021, ela foi convidada por Jair Bolsonaro para assumir o Ministério da Saúde, mas recusou.

Grife entre famosos, Hajjar é responsável por atender os mais importantes nomes do entretenimento, e por aí incluem personalidades como Tatá Werneck, Geraldo Luís, a mãe de Juliette Freire, o cantor Edson, da dupla com Hudson, e também Paulo Gustavo (1978-2021).

Uma consulta de rotina com a doutora, segundo a Veja SP, custa em média R$ 1.800. Cerca de 150 pacientes passam semanalmente pelas antessalas dos domínios de Ludhmila, no Hospital Vila Nova Star, da Rede D’Or São Luiz, informa a mesma reportagem.

A clínica possui três consultórios, nos quais a médica goiana e mais três profissionais formam o time premium. Em sua equipe, ainda se destacam ex-alunos dela no doutorado em cardiologia da USP. Membro da Clinics (revista científica oficial da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e do Hospital das Clínicas) e Editora Manole, Ludhmila é graduada em Medicina na Universidade de Brasília.

2 1

Ludmilla Abrahão Hajjar com Geraldo Luis e Edson – Direitos autorais: Reprodução/Divulgação

Ela é também professora associada de cardiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e diretora de Ciência e Tecnologia da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Ao longo da pandemia, condenou publicamente o uso de cloroquina para o tratamento da Covid-19 e defendeu o uso de máscaras, o isolamento social e da vacinação em massa.

Casos recentes

1 2

Ludmilla Abrahão Hajjar e Joelma – Direitos autorais: Reprodução/Divulgação

A médica acompanhou de perto a cantora Joelma, durante a sua estadia no Hospital São Luiz Itaim, em São Paulo, nesta semana. A cantora, que deu entrada com um edema (inchaço) como sequela da sua quarta infecção por Covid, ainda foi diagnosticada com esofagite e gastrite. A doutora assistiu a artista desde sua chegada, na terça-feira (7/6), até a sua alta, neste sábado (11/6).

Ludhmilla também cuidou do quadro de enxaqueca apresentado no mês passado por Virgínia Fonseca, que está grávida de seu segundo filho com o cantor Zé Felipe. E como citado acima, o tratamento do apresentador Geraldo Luís, que passou 11 dias internado na UTI após contrair o novo coronavírus, foi um dos casos que também lhe concedeu grande notoriedade em âmbito nacional.

Reconhecida por também atender nas madrugadas, para ela quase não há descanso, nem mesmo nos fins de semana, além de quase não tirar férias. Ludmilla Hajjar é hoje, a cardiologista mais preparada e poderosa do país.

3 2

Direitos autorais: Reprodução/Divulgação

0 %