publicidade

Médicos se curvam para reverenciar menino que doou seus órgãos na china

Liang Yaoyi, um menino chinês de 9 anos deu um exemplo de altruísmo para todo o mundo! Ele foi diagnosticado com um câncer logo depois de mudar-se de cidade para estudar junto aos seus irmãos na escola primária.



Em um dia normal, o menino sentiu tonturas e começou a ter dificuldades para andar. A irmã dele o levou até o hospital, e depois de exames ele foi diagnosticado com um tumor no cérebro.

O caso de Liang era grave e, antes de falecer, em 6 de junho de 2013, ele disse para sua mãe que queria doar seus órgãos:

“Há muitas pessoas fazendo grandes coisas no mundo. Eles são notáveis e eu quero ser um menino notável também.”

De acordo com a CCTV News, o menino Liang também disse que a doação de órgãos é também uma chance para ele ficar “vivo de outra maneira”.

De acordo com a Liang, ele provavelmente soube sobre doar órgãos em algum dos livros da escola.


O desejo do menino foi honrado em seu último dia de vida. Os médicos conseguiram preservar seus rins e fígados, que foram encaminhados para a doação. Antes da cirurgia, fizeram uma reverência para o menino que acreditava também que, assim, ficaria “vivo de outra maneira”.

Abaixo mostramos uma foto do momento em que os médicos fizeram reverência à Liang.

Médicos se curvam para


Essa foto tocou muitas pessoas, na imprensa chinesa e no Reddit, viralizando em toda a internet. As pessoas se sentiram inspiradas pela força e coragem de Liang e começaram a entender o valor da doação de órgãos. Inclusive, muitos se registraram como doadores.

Um verdadeiro exemplo para todos nós! Que sejamos mais como Liang, e que nunca nos esqueçamos de pensar no outro, mesmo nos momentos mais difíceis da vida.

Compartilhe esse grande exemplo com seus amigos!


Direitos autorais da imagem de capa: Divulgação

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.