Meditação da vela: uma forma de meditar de olhos abertos

Gradualmente, você se sentirá mais confortável com esse tipo de meditação e alcançará benefícios fantásticos, como a melhora da concentração.



Diferentemente das meditações tradicionais, que as pessoas fazem com os olhos fechados, concentrando-se no interior, a meditação da vela é realizada com os olhos abertos. Essa meditação usa a técnica trataka, por meio da qual a pessoa se concentra em um pequeno ponto ou objeto.

Algumas pessoas consideram esse tipo de meditação mais fácil. Elas dizem que o fato de se concentrar em um objeto físico ajuda a deixar os pensamentos irem embora. Já outras acham essa meditação mais difícil, justamente pelo fato de ter de manter os olhos abertos e focados na chama da vela, sem piscar.

Mas nada que um pouco de prática não resolva. Gradualmente, você se sentirá mais confortável com esse tipo de meditação e alcançará benefícios fantásticos, como a melhora da concentração.


Se você pratica a meditação tradicional, mas não consegue esvaziar sua mente, tente meditar com a vela e veja se tem melhores resultados.

Como fazer a meditação da vela: 

Passo 1

Prepare o espaço em que você meditará, deixando-o com pouca iluminação e temperatura agradável. Para isso, desligue as luzes ou feche as persianas. Use roupas confortáveis e, caso esteja frio, use um cobertor para se aquecer durante a meditação.


Passo 2

Pense em qual lugar você se sentará, pode ser na sua cadeira favorita, no sofá ou no chão, com as pernas cruzadas. O ideal é que seja um local em que você fique com uma postura ereta confortável.


Passo 3

Acenda uma vela e a coloque em um lugar que fique na altura dos seus olhos, ou ligeiramente abaixo deles. Também é importante que a vela fique a uma distância de 50 cm de você para que não pareça brilhante demais.


Passo 4

Sente-se de forma ereta no lugar que havia preparado para isso e faça uma meditação tradicional, inicialmente. Foque na sua respiração até ela se tornar constante.


Passo 5

Agora, abra os olhos e olhe para a vela. Descanse seu olhar na parte do meio da chama, logo acima da ponta do pavio. Mantenha as pálpebras um pouco mais abertas do que o normal e tente, pelo maior tempo possível, não piscar ou embaçar a visão.


Passo 6

Permita que a imagem da chama ocupe toda a sua mente. No começo, sua mente vagará. Agradeça pelos pensamentos que tiver e deixe-os ir. Em seguida, volte a atenção para a vela.

Para ajudar a se concentrar na chama, imagine que, quando você inspira, a luz da vela entra pelo seu nariz e quando você expira, essa mesma luz sai pela sua boca. Sinta a sensação de pureza e clareza vindo da vela e impregnando seu corpo e sua mente.


Passo 7

Após concluir a meditação da vela, deite-se por 5 minutos, com os olhos fechados, enquanto permite que seu corpo e mente voltem à Terra.

Aprofundando-se na meditação da vela 

Fazendo com frequência a meditação da vela, você começará a mergulhar profundamente na chama e algo incrível acontecerá com você: a sua visão periférica desaparecerá gradualmente, até que você não tenha consciência visual de nada além da chama da vela.

Como resultado, parecerá que não há distância entre você e a chama, assim você e a chama se tornam uma só. Isso acontece porque a razão pela qual você consegue ver é que seu cérebro processa os sinais enviados pelos seus nervos ópticos.

À medida que você progride na meditação da vela, seu cérebro para de processar esses sinais. Como seus olhos não estão se movendo, eles param de fornecer informação para o cérebro processar, porque não há mais imagens novas para serem enviadas. Por isso a sua visão periférica começa a desaparecer.

É importante que você entenda esse processo para que, quando isso acontecer durante a meditação, você saiba que é perfeitamente normal e seguro. No entanto, para alcançar essa experiência profunda, é necessário tanto a quietude física dos olhos quanto a quietude mental.

Assim que você mover seus olhos, seu cérebro já será novamente inundado por novas informações sensoriais e você voltará a ver tudo ao seu redor.

Técnica trataka 

Trataka é uma técnica yogui de fixação ocular, na qual você mantém seu olhar fixo em um objeto, que pode ser externo, interno ou contemplativo, durante a meditação. Essa técnica abre o caminho para uma meditação mais profunda e ajuda nos avanços espirituais.

Por ser realizada com os olhos abertos, essa meditação é ótima para quem tem problemas em esvaziar a mente. Concentrar-se em um objeto físico pode ajudar a evitar que a mente vague por aí.

Benefícios 

A meditação da vela traz muitos benefícios para nossa vida. Confira alguns:

  • Recupera a energia desperdiçada ao longo do dia e leva você para um ambiente de paz mental.
  • Aumenta sua memória.
  • Melhora a sua concentração, consciência e foco.
  • Purifica e revigora a mente.
  • Limpa os olhos.
  • Erradica todas as doenças oculares, fadiga e preguiça.
  • Equilibra o sistema nervoso e alivia a depressão, ansiedade e insônia.
  • Pode ajudar a desenvolver seus dons de clarividência e visão interior.

A cor da vela utilizada nessa meditação também influencia nos tipos de benefícios que você colherá, já que cada cor possui uma energia diferente. Por exemplo, a vela branca destina-se à clareza da visão, a vela amarela aumenta a autoconfiança, a vela laranja ajuda a sobreviver a uma perda, e assim por diante.

Usar uma vela aromática durante a meditação ajuda a tornar o espaço mais aconchegante e confortável, por exemplo.

Aproveite e escolha também um lindo porta-velas, assim, além de ajudarem na sua meditação, você poderá usá-los na decoração da sua casa, tendo-os sempre à mão para meditar.

Gostou dessa técnica? Então, compartilhe-a e ajude mais pessoas a colherem os benefícios da meditação da vela!

 

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: Alexey Kuznetsov/123RF Imagens.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.