A melhor maneira de reagir quando alguém está gritando com você:

Gritar é um tópico relevante para nós, porque todos já levantaram a voz com raiva durante a vida.

Alguns gritam regularmente, outros nem sempre. Há maneiras de reagir a alguém gritando que vai ajudar a reverter a situação ao invés de continuar a escalar a raiva.

Gritar não é saudável para relacionamentos e não rendem resultados positivos a longo prazo. Uma pessoa pode concordar com o raivoso momentaneamente para fazê-los a parar de gritar, mas uma vez que as coisas voltam ao normal, eventualmente, eles farão aquilo de novo, porque a gritaria não mudou a sua mentalidade a longo prazo. Gritar é prejudicial aos relacionamentos. Não é uma maneira construtiva de lidar com uma situação difícil.


Por que as pessoas gritam?

“A raiva é um ácido que pode fazer mais mal ao navio em que é armazenado do que aquilo em que for derramado. “Mark Twain

Quando alguém está com raiva e está gritando, há uma variedade de razões para isso. A maioria das razões pelas quais eles gritam não são boas razões para chegar a este ponto, por isso, é importante que o destinatário reaja corretamente.

É importante entender por que alguém está gritando, porque, na maioria das vezes, esse é um indicativo de questões na psique dessa pessoa que não têm nada a ver com o destinatário da gritaria.

A explosão é um reflexo de sua instabilidade emocional, apesar de sua gritaria se destinar a mostrar força e dominância na situação.


Reações a evitar com alguém gritando

A pior reação possível é espelhar seu comportamento. As coisas não acabarão bem se você gritar com alguém que está gritando com você. A situação piora quando as pessoas se envolvem em gritaria.

Há outras reações a se evitar: desafiar o que estão dizendo, falar defensivamente e criticar a pessoa durante o confronto.


Há maneiras melhores de lidar com alguém fora de si. Abaixo estão algumas formas seguras:

1. Permaneça calmo e não alimente a raiva. 

Lembre-se de que quando uma pessoa está gritando, não é você quem tem o problema, é ela. A pessoa não sabe como lidar com algo ou há outra razão para gritar que não tem nada a ver com você pessoalmente. Se você reagir, eles também vão reagir a você e as coisas vão  piorar. Permaneça calmo, mesmo que esteja fervendo por dentro. Não vale a pena alimentar seus gritos, como a situação só vai piorar e as coisas raramente são resolvidas quando duas partes estão gritando entre si.


2. Tome um passo mental para trás para avaliar a situação.

Antes de tomar qualquer ação na situação, pause mentalmente para avaliar as coisas. Isto lhe permitirá descobrir se vale a pena esperar o raivoso ou abandonar a situação. Se você é o alvo da gritaria e ela está sendo causada por algo casual e você não se importa em ofender a pessoa, vá embora. Você não tem que se submeter ao abuso de alguém se eles não são importantes para a sua vida.


3. Não concorde com o raivoso apenas para acalmá-lo, isso apenas incentiva a pessoa a fazer o mesmo no futuro para que consiga algo de você. 

Espere que a pessoa termine e diga o que você tem a dizer, racionalmente. Ser decente em uma situação de stress mostra para a pessoa  ( se ela conseguir enxergar isso ) que aquela atitude foi completamente desnecessária e, quem sabe, não cometerá o mesmo deslize no futuro.

Algumas pessoas também não sabem como mudar seu comportamento. Ajuda profissional ( como terapia, aconselhamento, ou aulas de gestão de raiva ) estão disponíveis para pessoas que têm problemas com a gritaria. Elas precisam reconhecer que o problema está afetando seu relacionamento e a mudança é necessária para obter a cura.

Gritar causa danos! Não permita que alguém continue a prejudicá-lo ou a seu relacionamento tolerando este abuso.

___________

Traduzido pela equipe de O Segredo   Fonte: Life Hack

Direitos autorais da imagem de capa: auremar / 123RF Imagens



Deixe seu comentário