Comportamento

Menina de 8 anos ganha prêmio de quarto mais bagunçado: “Sentimos muito por esses pais”

capa Menina de 8 anos ganha premio de quarto mais baguncado Sentimos muito por esses pais
Comente!

Se existia alguma dúvida, as imagens nos mostram a verdade; não é possível ver nenhum pedaço de chão no quarto da menina!

Dentro dos afazeres domésticos diários, a arrumação dos cômodos pode ser considerada a atividade mais chata para alguns. Manter os ambientes organizados é um compromisso diário que exige que todos os residentes de uma casa façam sua parte, colocando no lugar tudo que foi retirado logo depois de usar.

Na teoria pode parecer bem simples, mas não são todas as pessoas que têm paciência para devolver objetos e utensílios no local onde pegaram. Simplesmente largar em qualquer canto é mais atraente e menos trabalhoso, mesmo que isso faça com que, posteriormente, um tempo ainda maior seja empregado na arrumação da casa.

Todas as atividades domésticas são ensinadas ainda na infância, e é um trabalho realizado majoritariamente por mulheres, isso no mundo inteiro. Além da limpeza e organização da casa, também envolve o cuidado de pessoas, como idosos, pessoas com deficiência (PCD) e crianças, e não é remunerado.

O estudo Mulheres em Tempo de Pandemia, realizado pelo Laboratório Think Olga, explica que a economia é um conjunto de “regras invisíveis” que organiza a maneira como vivemos. De acordo com o levantamento, a sociedade de maneira geral, os empregadores, a gestão pública, as universidades (públicas ou privadas) e as demais esferas se aproveitam de alguma forma desse trabalho, que é gratuito ou terceirizado, o que implica em baixa remuneração.

No Brasil, os afazeres domésticos, se fossem remunerados, equivaleriam a 11% do Produto Interno Bruto (PIB), que seria maior do que qualquer indústria e mais que o dobro do que o setor agropecuário produz anualmente. É um conjunto de habilidades que são passadas de geração em geração e das quais todos acabam usufruindo, principalmente os empregadores, que precisam de mão de obra qualificada e nem sequer precisam gastar com essa preparação.

Mas não são todas as crianças e adultos que querem viver dentro dessa lógica, organizando, limpando e mantendo os espaços. No Reino Unido, a empresa Happy Beds lançou um concurso para saber quem era a criança que tinha o quarto mais bagunçado da região. Foram muitas inscrições, e todas elas mostram níveis diferentes de desorganização, mas uma criança se sobressaiu: Emily, de apenas 8 anos.

2 Menina de 8 anos ganha premio de quarto mais baguncado Sentimos muito por esses pais

Direitos autorais: reprodução/ Happy Beds

Sim, tão pouca idade e ela mostrou a todos que entra nas disputas almejando o pódio. Os registros fotográficos são de arrepiar qualquer pessoa minimamente organizada, e mostram com o que os pais precisam lidar diariamente. De acordo com reportagem do jornal Mirror, o pai da menina, Steve, afirmou que não importa o quanto eles tentem arrumar, ela sempre transforma o local naquela bagunça.

3 Menina de 8 anos ganha premio de quarto mais baguncado Sentimos muito por esses pais

Direitos autorais: reprodução/ Happy Beds

Não contente, a criança de Glasgow, na Escócia, utiliza o quarto dos pais quando deseja dormir ou descansar, já que no próprio não há espaço nem sequer para se locomover. O pai conta que ela trata o cômodo mais como um vestiário particular, e mesmo quando eles se empenham em arrumar, em menos de uma semana já adquire a mesma cara.

4 Menina de 8 anos ganha premio de quarto mais baguncado Sentimos muito por esses pais

Direitos autorais: reprodução/ Happy Beds

A empresa pagou cerca de R$ 3 mil para a família, já que esse era o prêmio da criança vencedora, além disso, a pequena Emily ganhou uma cama nova, o que Steve espera que seja motivo suficiente para que ela mude os hábitos e a forma como trata o local.

5 Menina de 8 anos ganha premio de quarto mais baguncado Sentimos muito por esses pais

Direitos autorais: reprodução/ Happy Beds

A competição recebeu mais de 100 inscrições, mas nas redes sociais, pais do Reino Unido inteiro resolveram compartilhar um pouco de suas experiências nas redes sociais. São imagens de causar choque em qualquer família, com brinquedos espalhados, camas desorganizadas e inúmeras bagunças fora de controle.

Comente!

Mãe de quadrigêmeos revela usar 24 fraldas por dia e gastar R$ 1.680 por semana em comida

Artigo Anterior

Jovem passa no vestibular e será o primeiro médico de sua aldeia na Índia

Próximo artigo