Pessoas inspiradoras

Menina pede um dragão de estimação e ganha presente de cientistas australianos

1111

Um menina de 7 anos pediu de presente um dragão de estimação para a agência nacional australiana para a ciência e teve o sonho realizado. Pelo menos em parte. Moradora de Brisbane, Sophie escreveu uma carta destinada a “um gentil cientista”, e endereçada à Organização de Pesquisa Industrial e Científica da Commonwealth (CSIRO). Ela queria um dragão alado. Em resposta, a menina recebeu um pedido de desculpas dos especialistas pela falta de pesquisas no campo das criaturas míticas. E acabou ganhando uma dessas criaturas, mas de brinquedo, feita em titânio e em 3D. As informações são da emissora ABC News.



dragon-2Em sua cartinha, Sophie afirmou que descobriu sobre o CSIRO por meio do pai. Prometeu que, caso ganhasse o dragão, o alimentaria com peixes crus e brincaria com ele quando voltasse da escola. “Eu vou chamá-la de Toothless (Sem Dentes) se for menina, e Stuart se for menino”, acrescentou ela em sua mensagem.

No início deste semana semana, a instituição contou a história da pequena e publicou uma carta de desculpas em seu site. “Ao longo desses 87 anos, não fomos capazes de criar um dragão ou ovos de dragão”, admitiu.

Mas, nesta sexta-feira, a CSIRO anunciou ter criado um pequeno dragão de brinquedo em um dos laboratórios da instituição, em Melbourne. O bicho ainda está sendo encaminhado para a casa de Sophie. “Nós não poderíamos nos sentar e não fazer nada. Afinal, prometemos à Sophie analisar a questão”, explicou a agência em seu site nesta sexta-feira.


Os especialistas fizeram, incluvise, um vídeo para mostrar como o dragão foi desenvolvido. Veja:

dragon-3

 


A mãe da criança, Melissah Lester, explicou a um dos canais da rede ABC que a filha havia insistido em ganhar um dragão no Natal. O pai de Sophie, Stuart, sugeriu então que ela procurasse a ajuda de cientistas. “Esperávamos que, escrevendo para o CSIRO, eles respondessem dizendo que era absolutamente impossível. Mas foi uma surpresa”, disse.

Sintonize-se com o que te inspira – isso é encontrar o seu caminho!

Artigo Anterior

Diga não aos rótulos!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.