publicidade

Menino cria protetor de orelhas para máscaras e doa tudo para médicos e enfermeiros

Em meio à atual pandemia da Covid-19, um garoto de 12 anos nos dá um exemplo de inteligência e solidariedade!



No Canadá, um garoto de apenas 12 anos, escoteiro do Maple Ridge, B.C., está chamando a atenção do mundo com sua inovadora criação: “protetores de orelhas” para máscaras cirúrgicas, impressas por uma impressora 3D.

O dispositivo criado por Quinn Callender, uma tira na parte de trás da cabeça com ganchos presos aos elásticos da máscara, está auxiliando os profissionais de saúde a aliviarem as dores constantes causadas pela pressão nas costas das orelhas, causadas pelas tiras das máscaras cirúrgicas.

Heather Roney, mãe de Quinn, diz que seu filho criou várias centenas deles em casa até agora, e os doou a profissionais de saúde em todo o mundo.


A iniciativa para a criação do dispositivo foi desencadeada foi uma publicação no Facebook, onde uma enfermeira relatava seus desconfortos e esperava que alguém criasse algo que auxiliasse àqueles que necessitam do uso constante das máscaras cirúrgicas.

“É tão simples, mas incrivelmente eficaz”, disse Roney, praticante de aparelhos auditivos, em entrevista por telefone.


Ouvimos milhares de pessoas dizerem: ‘Essa é a diferença entre trabalhar confortavelmente no seu turno de 12 horas e sentir dores constantes’, devido à pressão nos ouvidos.

O dispositivo também está ajudando pessoas com defeitos congênitos nos ouvidos ou que, devido à acidentes ou deformações nos aparelhos auditivos, não possam utilizar as máscaras da maneira convencional.

“Foi realmente incrível e muito emocionante ouvir as histórias”, disse Roney.

Para a confecção dos protetores, Quinn, encontrou protótipos on-line e começou a criar o material com a impressora 3D, que a família já possuía. Depois, ele os entregou a um amigo da família, enfermeiro, para testar e ajudar a escolher o design mais eficaz.

Ele se tornou um sucesso nas mídias sociais depois que Roney postou sobre o empreendimento de seu filho no Facebook, junto com fotos de Quinn orgulhosamente sentado com seu uniforme de escoteiro e mostrando uma variedade de dispositivos.

“Há milhares de mensagens desde que o post se tornou viral, com pedidos dos EUA e do Reino Unido, até Cingapura”, disse Roney.

“Enviamos o máximo que podemos, quando as pessoas solicitam. Os hospitais locais também estão nos solicitando.”

A família também ouviu falar de milhares de pessoas que também têm impressoras 3D e foram motivadas com a iniciativa de Quinn, imprimindo os protetores elas mesmas.

“A melhor parte é que essas pessoas estão doando para seus hospitais locais em todo o Canadá, EUA e Reino Unido.”

Roney descreve Quinn, que é filho única, como “uma criança muito inteligente” que gosta de ler, tocar violão e jogar videogame.

Ele é apaixonado por “qualquer coisa relacionada à tecnologia”, e recebeu uma impressora 3D de seus pais em seu aniversário, quase um ano atrás, depois de ingressar no clube de impressão 3D em sua escola.

A maioria de seus amigos é jovem demais para estar no Facebook e “não faz ideia” sobre sua fama on-line, disse Roney. “Ele é bem discreto, você sabe. Ele não fala muito”, disse ela.

Quinn também está muito envolvido com os escoteiros, com os quais se juntou aos 5 anos. Seus pais também são líderes escoteiros. “Ele ganhou alguns distintivos”, disse Roney. “No momento, ele está trabalhando para obter o distintivo de escoteiro. E esse projeto em que ele está trabalhando agora será definitivamente o que ele usa para receber o prêmio de escoteiro.”

Inspirador ver alguém tão novo e inovador como Quinn! Nestes momentos tão difíceis, é importante buscarmos maneiras de melhorar a vida das pessoas ao nosso redor, principalmente daqueles que estão ajudando a salvar vidas.

E você? Conhece algum exemplo de criatividade e solidariedade? Conte para a gente!

 

Direitos autorais da imagem de capa e das imagens 2 e 3: reprodução Facebook/Heather Roney.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.