Animais

Menino dá banho em cachorros abandonados para aumentar as chances de serem adotados

capa site Menino da banho em cachorros abandonados para aumentar as chances de serem adotados

Com apenas 11 anos, Thiago mostra que está mais consciente e comprometido com a vida animal do que muitos adultos espalhados por aí.

O abandono animal é uma questão que deve ser tratada com urgência. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), só no Brasil, existem cerca de 30 milhões de animais em situação de abandono: 10 milhões de gatos e 20 milhões de cachorros. A ausência de cuidados, higiene e alimentação adequados expõe muitos deles à vulnerabilidade, levando-os ao sofrimento e à morte.

Nos últimos anos, com a popularização das redes sociais, a facilidade de ajudar nas causas animais tem aumentado, principalmente por conta da intervenção de ONGs e outros movimentos de voluntários, que juntos lutam em prol do bem-estar desses seres que foram abandonados. Mas os desafios não são poucos, além de resgatar cães e gatos enfermos nas ruas, lidar com as doenças e o custoso tratamento, ainda existe a questão de arrumar um lar amoroso para eles.

Para Thiago do Val Sidegum, de 11 anos, ajudar, da maneira que pode, para diminuir o sofrimento dos cães abandonados é um de seus maiores objetivos. Mesmo sendo extremamente jovem, já mostra que defender os animais é uma questão que permeia sua vida há alguns anos, chegando até mesmo a afetar suas principais escolhas.

Apaixonado pelos animais, Thiago precisou insistir muito para que seu pai Eduardo Sidegum lhe permitisse ter os pequenos companheiros em casa. Morador de Antônio Prado, no Rio Grande do Sul, ele conta pelas redes sociais que tem duas cachorras e um gato, todos adotados em feiras ou pegos na rua.

2 Menino da banho em cachorros abandonados para aumentar as chances de serem adotados

Direitos autorais: reprodução Instagram/ @guridochapeu_oficial

Em 2019, o menino se reuniu com sua família e informou que tinha tomado a decisão de se tornar vegetariano. Alguns familiares e amigos duvidaram da decisão, mas ele mostra diariamente que sua opção tem uma razão muito mais profunda do que simplesmente alimentar, ele realmente se importa com a vida animal.

Mesmo mudando a alimentação, Thiago ainda assim sentia que precisava ajudar mais. Foi quando decidiu, no fim do ano passado, que poderia dar banho nos cachorros de rua para que eles tivessem mais chances de ser adotados futuramente, já que assim as pessoas os veriam diferente. A necessidade de intervir em favor do bem-estar desses cães em situação de rua fez com que ele expressasse essa vontade ao pai, que novamente o apoiou.

3 Menino da banho em cachorros abandonados para aumentar as chances de serem adotados

Direitos autorais: reprodução Instagram/ @guridochapeu_oficial

Dessa forma, ele e o pai montaram o projeto “Sou de rua, mas tô limpinho”, que teve sua primeira intervenção em janeiro de 2021, com o apoio da ONG de Antônio Prado, Arca de Noé, que até dezembro deste ano já deu banho em cerca de 50 cães, todos resgatados das ruas e que estão em busca de um novo lar responsável.

O menino e o pai tiveram também a ideia de fazer um ensaio fotográfico com os bichinhos para que as pessoas tivessem ainda mais interesse em adotar. Eduardo edita as fotos e o menino as publica no seu Instagram, algo que a própria ONG constatou que tem mais efeito positivo.

4 Menino da banho em cachorros abandonados para aumentar as chances de serem adotados

Direitos autorais: reprodução Instagram/ @guridochapeu_oficial

Além da paixão pelos animais, ele é encantado por chapéus, e basta uma pequena espiada em seu perfil para constatar isso. Há quase um ano se dedicando aos banhos nos cachorros, Thiago revela que os pais são seus maiores apoiadores e que seu trabalho só tem gerado frutos porque eles o acompanham e o auxiliam sempre, inclusive monitorando seu perfil no Instagram.

Ele espera que seu trabalho ajude cada vez mais cães a encontrar lares amorosos, com pessoas que realmente queiram lhes oferecer o melhor.

Acusada de furto no supermercado onde fazia compras, ela o processa e fica milionária

Artigo Anterior

Quando você ajuda um colega de trabalho, você não cria um concorrente, semeia gratidão!

Próximo artigo