Família

Menino de 10 anos leva avô cadeirante para se vacinar: “Estou tranquilo porque ele está protegido”

Muito dedicado, o menino cuidou do avô e o levou ao local de vacinação. Confira!



A vacinação contra a covid-19 foi um dos principais marcos dos últimos tempos, tanto no Brasil quanto no mundo. Depois de um ano convivendo com a doença, as incertezas e o medo de ser contaminados, podemos celebrar que cada vez mais pessoas estão sendo imunizadas, contribuindo assim para vencermos essa batalha logo.

As pessoas do grupo de risco para a doença, entre elas os idosos, que têm prioridade na vacinação, têm se mostrado grandes guerreiros ao resistir por tanto tempo e manter a esperança e o sorriso no rosto.

Em muitos casos, tão fortes e dedicados quanto essas pessoas são os responsáveis pelos seus cuidados, que desde o começo da pandemia têm feito o seu melhor para garantir que os idosos estejam sempre muito bem cuidados, longe de qualquer ameaça.


Nesse sentido, um menino peruano tem dado um show de cuidado e dedicação ao seu avô e, por conta disso, virou alvo de muita gratidão e admiração de pessoas do seu país.

O portal local Perú 21 conversou com Patricio, de 10 anos, que tem cuidado de Juan Munive, de 85 anos, de maneira exemplar.

Patricio contou que cuida muito bem de si mesmo e do idoso, que é cadeirante, e que ambos se protegem, só saem de casa em emergências, e sempre usando máscara e protetor facial.


Direitos autorais: reprodução Perú 21.

Recentemente, ele levou o avô Juan para se vacinar no distrito de Chilca e foi flagrado empurrando a cadeira de rodas do idoso. O menino disse que ama muito o avô, por isso quis acompanhá-lo, acrescentando que, depois da vacinação, se sentiu tranquilo pelo fato de o avô estar protegido do contágio.

Segundo o portal de notícias, o cuidado e o preparo de Patricio sobre todas as medidas de biossegurança nesta pandemia deixaram os profissionais de saúde locais surpresos.


O menino ainda aproveitou para deixar um recado para as outras crianças neste momento. Ele recomenda que os pequenos não saiam às ruas e que sempre limpem as mãos corretamente antes de voltarem para casa, bem como os pés e as roupas. Também pediu que “cuidem bem dos avós”.

Direitos autorais: reprodução Perú 21.

Quanto amor e responsabilidade! O vínculo entre avós e neto é único, carregado de um amor e cuidado que inspiram e emocionam. Que Patricio continue sendo assim e possa compartilhar muitos momentos felizes ao lado do avô.


Compartilhe o texto com os seus avós e amigos nas redes sociais!

Jovem cadeirante é aprovado em Medicina e conquista a internet com comemoração emocionante

Artigo Anterior

Sobrinha que chorou e impediu corte de energia do tio internado com covid recebe doações e paga dívida

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.