Pessoas inspiradoras

Menino de 11 anos, que vendia água na rua para sustentar a mãe e 3 irmãos, recebeu mais de R$ 83 mil!

Com apoio da web, o menino teve uma poderosa mudança de vida. Confira!



Gabriel é um menino de 11 anos de Mossoró (RN), ele é órfão e mora com a mãe e os três irmãos menores. Sua mãe não tem condições de trabalhar porque precisa cuidar dos filhos, em especial um deles, que tem problemas de saúde e não pode ficar sozinho.

Por conta disso, a família passava por muitas dificuldades financeiras, e essa realidade levou o menino a trabalhar vendendo diversas coisas na rua, ajudando diretamente no sustento de sua casa. Gabriel já vendeu pamonhas, doces e água e, apesar das dificuldades, ficava feliz por poder ajudar.

No entanto, no ano passado, ele se deparou com uma grande surpresa que o deixou extremamente abalado. Uma pessoa denunciou o trabalho do menino para o Conselho Tutelar, que o impediu de vender seus produtos.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@gabrielpequenovendedor.

Em seu perfil no Instagram, Gabriel postou um vídeo contando sobre a sua situação e chorando, e sua situação comoveu milhares de usuários, que se solidarizaram com a realidade da família e se dispuseram a ajudá-la.

Foi então realizada uma vaquinha em prol do menino e da família, para que conseguissem melhor condição de vida e Gabriel não precisasse mais sair às ruas naquelas condições, além de ser capaz de aproveitar a infância da melhor maneira possível.

Os internautas se mobilizaram em peso e arrecadaram o total de R$ 82 mil para a criança, que comemorou com muita alegria a conquista de uma vida melhor. Com o dinheiro, Gabriel e a família conseguiram comprar uma casa num lugar muito melhor e estão recomeçando da melhor maneira possível.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@gabrielpequenovendedor.

Infelizmente, em famílias de poucas condições, é bastante comum que as crianças, por necessidade ou iniciativa, tenham de começar a trabalhar cedo, quando deveriam estar ocupadas com outras atividades.

Para muitos de nós, ver os pequenos nas ruas vendendo os mais variados itens e contando com a bondade alheia é algo que se tornou parte da rotina, mas não significa que seja normal.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@gabrielpequenovendedor.


Ninguém gosta de ver uma criança perdendo sua infância, por isso, sempre que um caso como esse ocorre, a mobilização para ajudar é muito grande. Apesar de não sermos capazes de ajudar a todas as crianças que vivem situações como essa, sempre existe algo que podemos fazer para alguma que esteja próxima a nós. Que a generosidade oferecida a Gabriel seja replicada a outras crianças!

Pai se recusa a aprovar procedimento de mudança de gênero de filha de 16 anos e é preso

Artigo Anterior

Daniela Mercury sobre as 3 filhas que adotou no agreste paraibano: “O que nos une é sagrado”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.