Pessoas inspiradoras

Menino de 11 anos quebra seu cofrinho e compra comida para 39 famílias terem o que comer no Natal!

Menino de 11 anos quebra seu cofrinho e compra comida para 39 famílias pobres

Séadna é um garotinho que, desde muito cedo, faz o que está ao seu alcance para ajudar as famílias carentes da sua região.



Séadna Boyle é um garoto de apenas 11 anos, que desde muito cedo, já demonstra que a solidariedade é parte primordial de sua vida. Ele sempre fez tudo que estava ao seu alcance para ajudar o próximo, e a prova disso é que há cinco anos ele doa comida para um banco de alimentos em Poleglass, no oeste de Belfast, capital da Irlanda do Norte, onde mora.

Nos últimos dois anos, o menino também doou o dinheiro que ganhou com a venda de cartões de Natal produzidos por ele aos mais necessitados, no entanto, a pandemia do novo coronavírus dificultou as ações desse pequeno prodígio solidário. Como não podia mais sair de casa para arrecadar os valores, decidiu usar o próprio dinheiro para alimentar as famílias de baixa renda que ele sempre apoiou. Séadna decidiu quebrar o próprio cofrinho e ainda sorteou uma bicicleta para arrecadar dinheiro suficiente para comprar comida para doar ao South West Belfast Foodbank, uma instituição que também encaminha doações de alimento para as famílias pobres de Belfast.

Com o dinheiro de seu cofrinho e o adquirido na venda da bicicleta, Séadna conseguiu comprar aproximadamente 150 quilos de alimento.


Essa quantidade de alimentos é suficiente para 39 famílias inteiras por três dias, com três refeições diárias.

Orgulhosa, a mãe do menino, Leighann McGrath, de 35 anos, também disse ao portal Belfast Live que o seu filho se sente feliz em doar, principalmente, àquelas muitas famílias que não têm praticamente nada.

“Estou tão orgulhosa, não parei de chorar por dois dias, houve tantas pessoas que entraram em contato sobre o que ele fez. As pessoas foram tão gentis, todas com palavras bonitas. Tem sido adorável”, disse a mãe, emocionada, ao portal.

Já Séadna disse que só tomou a iniciativa porque queria tornar o ano de 2020 um pouco melhor para as muitas famílias que não conseguem dar do bom e do melhor para os seus filhos.


“Eu queria tornar seu Natal um pouco melhor”, completou o garoto. Depois de saber quais eram os itens de mais necessidade no banco de alimentos, Séadna e a mãe foram ao centro de distribuição e começaram a montar as cestas de Natal da família. Juntos, eles compraram 149,44 quilos de alimentos para as famílias.

“Não consigo expressar em palavras o quanto estou orgulhosa dele”, disse Leighann ao falar sobre o filho mais uma vez. Que belo exemplo o dessa família, não é mesmo?

Diga o que você achou desta história nos comentários.

Não se esqueça de compartilhar este texto nas suas redes sociais!


Depois de raspar o cabelo, barbeiros buscam amigo com câncer no hospital depois de sua última quimioterapia!

Artigo Anterior

O conselho que você precisa ouvir neste final de ano, de acordo com seu signo!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.