Notícias

Menino de 13 anos cria algoritmo para tratamento de câncer de pâncreas: Inteligência Artificial

Menino de 13 anos cria algoritmo para tratamento de cancer de pancreas Inteligencia Artificial
Comente!

Um menino de 13 anos recebeu o prêmio de US$ 25 mil (cerca de R$ 91 mil) após apresentar uma nova solução para deixar o tratamento contra o câncer de pâncreas mais preciso.

Rishab Jain, de Portland, no Oregon, venceu o “Desafio Jovem Cienstista”, do Discovery Education 3M. Ele apresentou um novo algoritmo para “ensinar” as máquinas usadas pelos médicos a matar apenas as células cancerosas no pâncreas. Isso é importante porque muitas vezes os tratamentos não são tão precisos e acabam destruindo também células saudáveis.

Com o algoritmo de Jain, segundo a “Time”, é possível mudar a forma como os médicos tratam o câncer de pâncreas. Ele poderia diminuir os problemas causados pela morte dessas células saudáveis no tratamento da doença, criando um método mais certeiro contra o tumor.

Em entrevista à revista dos Estados Unidos, o garoto disse que se interessou pelo assunto após uma viagam a Boston.

celulascancerpancreas

Direitos autorais: Reprodução.

Um amigo da família chegou a morrer devido a um câncer de pâncreas. “Em Boston, eu aprendi sobre a baixa taxa de sobrevivência e sobre como essa doença é mortal”, disse. “Eu também estou estudando programação, estava aprendendo sobre inteligência artificial. Decidi combinar as duas áreas tentanto resolver um problema do mundo real”.

A ideia, no futuro, é combinar o algoritmo de Jain com equipamentos de radioterapia usados em hospitais, ou incorporar em novas máquinas.

Comente!

Homem que cresceu sem figura paterna agora faz vídeos com dicas para jovens na mesma situação

Artigo Anterior

Cantor Maurílio morre em hospital de Goiânia

Próximo artigo