Pessoas inspiradoras

Menino de 13 anos pinta quadros de santos para pagar tratamento de rara doença. Um dom que encoraja!

Diagnosticado com uma rara doença renal aos 8 meses, Daniel Neves usa a arte para ajudar a pagar seus caros tratamentos.



Com apenas 8 meses de vida, os pais de Daniel Neves receberam uma triste notícia dos médicos que mudou suas vidas para sempre: o filho era portador de uma rara doença renal, impedindo-o de passar muito tempo longe dos hospitais de Salvador (BA), o que fez com que sua vida fosse toda dentro deles.

Hoje, com 13 anos, Daniel tem mostrado que não só tem força para lutar e continuar vivendo, mas também tem um grande talento, a pintura. Por ter passado longos períodos dentro de hospitais, o garoto desenvolveu o hábito de sempre pintar. Mas não é qualquer coisa que ilustra os quadros e páginas que as mãos de Daniel tocam, ele gosta muito de pintar imagens de santos.

Considerado um artista por quem vê suas obras, o garoto tem feito sucesso no Instagram, onde conta um pouco da sua história e mostra seu trabalho.


Nascido em uma família humilde, os tratamentos que Daniel precisa fazer, para manter sua pouca estabilidade física, são extremamente caros e custeados integralmente por seus pais.

Como moram na Bahia, parte dos tratamentos são feitos na capital de São Paulo, o que faz com que a família tenha gastos elevados com transporte e estadia. O governo ajuda apenas com as passagens de ida e volta à cidade de São Paulo, mas todos os outros valores a mãe arca sozinha.

As pinturas que ele faz são vendidas e o dinheiro é todo revertido para seu tratamento.

O quadro mais expressivo do artista se chama “Nossa Senhora dos Rins”, e mostra o seu desejo de cura e sua fé. Como sofre de doença renal policística, problemas no baço e também fibrose hepática, o garoto precisa urgentemente de um transplante renal, pois precisa fazer hemodiálise três vezes por semana para garantir o bom funcionamento de seus rins.


O vaivém aos hospitais e das internações faz com que sua mãe, Cleide, não consiga trabalhar. Atualmente, eles vivem com um auxílio do governo pago a Daniel e a pensão que o pai paga, valores impossíveis de custear um tratamento complexo e caro.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@danielxneves.

Com obras que percorrem sua fé, sua devoção e sua religião, Daniel faz uso de cores vibrantes e linhas de contorno em grande contraste. Suas obras também abordam seu amor pelos animais, seu desejo de fazer o transplante e suas curiosidades. Impossível não perceber que a maioria de suas obras possuem, em seu fio condutor, a temática dos órgãos e da saúde.

Santas com mantos de órgãos, salas de hospitais e o corpo humano são temas recorrentes em suas pinturas. Tudo trabalhado com pinceladas em tons vivos e, em grande parte, primários.


O menino começou uma vaquinha on-line para ajudar no seu transplante e, surpreendentemente, em menos de 24 horas, ele e sua mãe já haviam conseguido mais que o dobro das doações que pediram. Unindo a sensibilidade do garoto com seu talento, as pessoas se solidarizaram com sua causa e ajudaram prontamente. O dinheiro arrecadado será usado para pagar seu transplante e o restante na compra de medicamentos e no custeio dos demais gastos.

Agora ele viajará para a Tailândia, onde passará por um procedimento que lhe permitirá voltar a andar de forma mais confortável, além de aumentar sua vida.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@danielxneves.

Nas redes sociais, Daniel compartilha muitas de suas conquistas e também faz fortes apelos, principalmente quando é internado ou precisa de alguma ajuda urgente. É notável que o garoto tem muita alegria em viver e, além disso, é integralmente apoiado por sua mãe, que sempre está disponível para atender a todas as suas necessidades.


Esperamos que tudo corra bem com o Daniel e que logo ele possa estar curado!

Menino coloca cão em sua bicicleta e veste máscara em seu rosto para protegê-lo de covid!

Artigo Anterior

Mãe em tempo integral desabafa nas redes sociais: “Não temos o luxo de chorar em paz”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.