Notícias

Menino de 9 anos hostilizado na Vila Belmiro foi ameaçado de morte e está traumatizado, diz pai

menino hostilizado bruno

O pai do torcedor de nove anos do Santos Futebol Clube que foi hostilizado na Vila Belmiro após ganhar a camiseta que o goleiro adversário, nesta quarta-feira (10), que ele nunca mais voltará a pedir presentes em estádios devido ao trauma causado pela confusão. O menino chegou a ser ameaçado de morte nas redes sociais após o ocorrido.



O menino, morador de Praia Grande, no litoral de São Paulo, é jogador nas categorias de base do Santos FC e frequenta o estádio desde os três anos de idade. “Somos frequentadores da Vila Belmiro”, garantiu o pai, o motorista por aplicativo Moisés do Nascimento, de 37 anos. “Foi um terror, nunca tínhamos passado por isso. É coisa que vemos só na televisão”.

A confusão começou quando Bruno Nascimento, de 9 anos, foi cumprimentado pelo goleiro do Palmeiras, Jailson, que jogava contra o Santos, em partida disputada no domingo (7). O menino acabou pedindo e recebendo, de presente, a camiseta do jogador, que havia acabado de vencer o Santos por 2×0.

Imediatamente, os torcedores da arquibancada santista se revoltaram com o presente. Aos gritos, eles passaram a agredir Moisés e a tentar pegar a camiseta de volta. Eles foram chutados e foram até mesmo alvo de cuspidas dos torcedores.


“Foi uma coisa muito rápida, não tive reação de mandar ele jogar a camiseta de volta. Foi muito difícil”, relembra o pai. “Muito pânico, terror. O pessoal gritando, cuspindo, mandando pegar a mochila dele”. Pai e filho foram escoltados pela Polícia Militar para fora do estádio.

Moisés revelou que, antes do jogo, havia orientado Bruno a não pedir nenhuma camiseta durante o jogo, mas que a ação do filho não o surpreendeu. “Eu sabia que viria problema [caso ele pedisse]. Mas quando o jogador cumprimentou ele, foi espontâneo”, disse.

“O sonho dele é ser jogador de futebol. Ele tem respeito por todos os jogadores, gosta de vários, de diversos times. Gosta do jeito de jogar, não do time. Ele não é aquele que só gosta do seu time e ofende o rival. Sempre demonstrou carinho e respeito”, contou o pai.

 


pai e filho

Direitos autorais: reprodução.

Vídeo de retratação

O assédio dos torcedores seguiu com a dupla nas redes sociais. No perfil de Bruno Nascimento no Instagram, dezenas de usuários fizeram ameaças a ele e seu pai por conta do presente palmeirense. Nesta terça-feira (9), Bruno gravou e publicou, espontaneamente, um vídeo se retratando e pedindo desculpas à torcida santista.


Torcedor de 9 anos que foi hostilizado por pedir camiseta de adversário pede desculpas from O Segredo on Vimeo.

“Tem muita gente me xingando, mas desculpa. Deus abençoe eu torço pro Santos, eu devolvo a camisa pra ele, pra não me baterem nos jogos”, escreveu Bruno nas redes sociais. Ele chegou a prometer devolver a camiseta que recebera. Os pais só descobriram depois, quando o vídeo já tinha viralizado na web.

“Não tem justificativa para isso [ameaças]. Não tem motivação. Como vou poder ensinar meu filho a respeitar quem pensa diferente dele?”, desabafou Moisés. “Estavam xingando com ofensas pesadas, gravíssimas”.

Após a repercussão do vídeo, Bruno recebeu apoio de grandes nomes do futebol, como Pelé e Neymar Jr. Ele recebeu, nesta terça-feira, uma video chamada de Jailson, que havia lhe dado a camiseta de presente durante o jogo.


“Santistas atacaram ele. Hoje, palmeirenses são os que estão mais nos apoiando. Ele está recebendo apoio e carinho de quem nunca esperamos. Ele jamais vai voltar a pedir camisetas para jogadores durante os jogos. O medo e o terror foram muito grandes”, finaliza.

Santos FC

“O Santos FC já entrou em contato com Moises, o pai do Bruno do Nascimento, para minimizar o impacto dos transtornos causados por poucos torcedores exaltados no final do jogo com o Palmeiras. Para manter sua paixão pelo Peixe, Bruninho foi convidado para assistir ao jogo com o Red Bull Bragantino, nesta quarta-feira na Vila Belmiro, desta vez no camarote. O Clube não compactua com qualquer tipo de violência e se solidariza com a criança, que é um dos mais novos Meninos da Vila, conhecido pelo elenco, por sempre estar apoiando o time no portão do CT Rei Pelé.”


Marília Mendonça ganha painel de 23 metros em SP

Artigo Anterior

Vídeo mostra reação de casal ao presenciar queda de avião com Marília Mendonça

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.