Notícias

Menino morto após afundar em piscina de escola em SP disse que ‘ia para o céu’ pouco antes, diz pai

luigi

O pai do menino de nove anos que morreu após afundar na piscina da escola onde estudava, em São Vicente, no litoral de São Paulo, contou que, pouco antes de morrer, o filho disse durante um culto que estava “indo para o céu”. A Polícia Civil investiga o caso, trabalhando com a hipótese de mal súbito.



“Luigi era um menino carinho, amoroso, muito afetuoso. A vida dele era abraçar todos, sem exceção”, conta o pai, o autônomo Rafael, ao g1 neste sábado (20), que prefere que o sobrenome da família não seja divulgado. O menino, que estudava em uma escola particular no Rio Branco, tinha arritmia e déficit intelectual. “Constava na ficha da escola, inclusive que não podia fazer esforço físico”, diz.

O que confortou a família, conforme o próprio pai relata, foi uma mensagem enviada por uma frequentadora da mesma igreja que eles. “No domingo [antes da morte], estivemos no culto […]. Ao término do santo culto, ele abraçou uma irmã e disse ‘dá um glória a Deus que eu estou indo para o céu”, relatou. “Após receber a mensagem dessa irmã, Deus nos confortou grandemente”.

O caso aconteceu por volta de 15h30, em uma escola particular na Rua Antonio Riscale Husni, no Rio Branco. Testemunhas disseram à Polícia Militar que o menino estava dentro da piscina recreativa da escola e, inesperadamente, afundou. A piscina tem 70 centímetros de profundidade.


Ainda conforme o depoimento, logo depois, passados alguns segundos, ele foi resgatado e socorrido por uma professora. O Corpo de Bombeiros foi acionado e prestou os primeiros socorros, levando a criança ao Hospital Municipal de São Vicente, mas Luigi não resistiu e morreu em seguida.

piscina escola

Foto de arquivo da escola mostra piscina utilizada pelas crianças da unidade. Caso teria ocorrido nesse local — Foto: Reprodução/Redes sociais

O pai diz que recebeu uma ligação da escola informando que ele tinha desmaiado e estava sendo levado para o hospital. Chegando à unidade, já receberam a notícia do falecimento. “Imaginávamos que fosse do coração”, recorda.

Segundo ele, naquele dia, eles não foram avisados previamente que seria dia de piscina. “Não tem recado na agenda e, também, como não sabíamos, não foram enviadas roupas de banho”, explica. Eles souberam do acontecido mais tarde. A certidão de atendimento dos bombeiros e o atestado de óbito constariam afogamento. A Polícia Civil, no entanto, trabalha com a hipótese de mal súbito (veja detalhes abaixo).


Investigação

A Polícia Civil informou que analisou as câmeras de monitoramento da unidade, e que havia 19 crianças na área recreativa. A piscina, com 70 centímetros de profundidade, era usada pelos alunos do 5º ano e estava sendo supervisionada por uma professora. No entanto, Luigi era do 2º ano, segundo seu pai. Ainda de acordo com a polícia, nas imagens, é possível ver que o menino estava pulando na água, vai até a borda, e de repente afunda.
Na sequência, a professora o tira da água, ainda vivo, conforme destaca a polícia. Uma testemunha informou à investigação que, na última semana, segundo a mãe, o menino teria desmaiado. Ainda conforme a polícia, a causa provável da morte da criança é um mal súbito, mas isso só será determinado no exame necroscópico, que demora cerca de um mês para ter o resultado.

O caso foi registrado no 3º Distrito Policial de São Vicente como morte suspeita, e segue sob investigação. Nas redes sociais, o Colégio Luiz Júnior afirmou que lamenta o ocorrido, e que está prestando todo o apoio aos pais do aluno. A unidade ainda frisa que a escola se cerca de todos os cuidados com os alunos nos momentos de atividades pedagógicas e/ou recreativas.


258223075 900563864167510 922959331719953635 n

Colégio se manifestou após acidente que vitimou Luigi, de 9 anos, em piscina recreativa — Foto: Reprodução/Instagram

Anitta debocha após Ratinho criticar sua vida sexual: ‘Ganha dinheiro fazendo DNA’

Artigo Anterior

Geraldo Luís é internado e faz cirurgia de emergência no coração

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.