Pessoas inspiradoras

Menino tira os próprios sapatos para doar: “Deus me disse para dar a ele!”

Capa Menino tira os proprios sapatos para doar Deus me disse para dar a ele

A cena comovente viralizou nas redes sociais e despertou a admiração de vários internautas pelo ato de bondade da criança.

Há quem diga que é nas crianças que podemos encontrar os melhores exemplos de coração puro, porque, pela pouca idade, ainda não estão corrompidas pela forma distorcida do nosso mundo, cheio de preconceitos e julgamento. Elas são capazes de enxergar o próximo e a si mesma como iguais, respeitando aquilo que nos torna diversos, mas sem usar essas características para dividir as pessoas, o que é comum no nosso cotidiano.

Alguns diriam que isso é obra do divino, mas existem pessoas de carne e osso que devemos reconhecer quando o assunto é criar pequenos tão empáticos: seus pais. Em quase todos os casos de crianças que fazem o bem, um fator em comum é que sua família é composta de indivíduos que se importam com o próximo, afinal é mais fácil a empatia se desenvolver num ambiente em que ela é reconhecida e valorizada.

Portanto, da próxima vez que souber de alguma criança se solidarizando com alguém, pode apostar que seus pais cultivam essas boas ações e incentivam seus filhos a praticá-las.

Muitas vezes, são os próprios pais que compartilham essas histórias, cheios de orgulho do que seus pequenos fizeram. Esse foi o caso de um vídeo que caiu nas graças da internet, no qual um garoto entrega os próprios calçados para outro menino, aliás, desconhecido. O ato aconteceu em Araçatuba, no interior do estado de São Paulo.

O pequeno altruísta se chama Heitor e é filho de Nayara Bregalante e Jonathan Pereira. O próprio pai filmou e compartilhou o vídeo no seu perfil nas redes sociais.

2 Menino tira os proprios sapatos para doar Deus me disse para dar a ele

Direitos autorais: Reprodução Instagram / @ jonathanpereirabjj.

Nas imagens, vemos um ambiente que parece ser um restaurante. Na descrição do post, o pai de Heitor conta que seu filho estava brincando com um grupo de crianças, um pouco afastado da sua mesa, quando de repente voltou para onde os pais estavam e comunicou que queria doar o par de tênis que estava em seus pés.

Os pais quiseram saber o porquê de tal atitude, e Heitor disse apenas que Deus o havia mandado dar seu tênis para um dos meninos com quem estava brincando no restaurante. O pai de Heitor pediu ao menino para esperar um pouco, pois eles nem sabiam o número do calçado do amiguinho, logo o tênis poderia não lhe servir.

O garotinho, irredutível, logo foi atrás da outra criança para descobrir o tamanho do seu pé, e para surpresa de todos — pais de Heitor e do coleguinha —, o calçado dos dois é do mesmo número.

Os pais autorizaram o pequeno a entregar o tênis para seu novo amigo e então, sem demora, Heitor tirou o calçado dos pés e os entregou ao novo dono. O outro menininho logo colocou o presente do amigo e os dois seguiram felizes, continuando a brincar.

Os pais de Heitor foram conversar com os do outro menino, e os quatro se emocionaram com a cena que acabavam de testemunhar. Jonathan contou em sua publicação que os pais do outro garoto ficaram em choque com a situação, pois meses antes, seu filho tinha pedido a eles um tênis igual ao de Heitor, mas como não podiam comprá-lo naquele momento, sua mãe lhe pediu para esperar um pouco, pois Deus prepararia algo para ele.

Enquanto as crianças se divertiam, seus pais estavam juntos e ainda abismados com as coincidências que os levaram a viver aquele momento.

3 Menino tira os proprios sapatos para doar Deus me disse para dar a ele

Direitos autorais: Reprodução Instagram / @ jonathanpereirabjj.

Na sua publicação, Jonathan faz uma piada com a situação, dizendo que Heitor sempre o constrangia em público, mas não deixou de frisar o orgulho da atitude do filho, que abriu mão do seu tênis, pois tinha percebido o quanto seu amiguinho queria um modelo igual.

A filmagem do lindo gesto de Heitor percorreu a internet e já acumula mais de 550 mil likes. Diversos internautas, de todas as idades, compartilharam o conteúdo, abismados com a sensibilidade daquela criança.

0 %