Mensagem de natal

5min. de leitura

Caríssimos, chegamos ao final de mais um ano, e venho mais uma vez junto à você partilhar daquilo que é me dado de melhor para a multiplicação do pão nosso de cada dia, foi um ano fantástico de grandes desafios e aprendizados. A grande sacada é podemos dar um pouco mais de nós no amor e incendiarmos a vontade de vencer os obstáculos às diversidades à nossa realização.



O amor é o combustível que anima à todos, bons e maus, justos ou injustos, todos perseguem este significado de estar na vida, e por amor, cometemos os nomes erros, enganos e desenganos, mas, o AMOR ao qual me refiro aqui é a força pela qual você acorda todas as manhãs e vai a luta de todos os dias da labuta diária, é a maior expressão motivadora que nos movimenta a viver. Estar movendo-se no fluxo da realização do amor maior, entender o que nos move na vida é sabermos quem somos. O que verdadeiramente nos move na vida é o que amamos, e esta força co-criadora com o Universo de infinitas possibilidades que cria a sua realidade.

Neste momento você é capaz de ouvir seu coração e responder o que você ama, ao que você se devota, o que move sua vida? Ao que você esta apegado neste momento? Como isto transforma você? – Hoje ao termino do dia um de meus penúltimos clientes me relatou sua experiência de transcendência de um momento de crise em numinescência, ele me contou atônito que ao consultar o pastor de sua igreja quanto à sua crise, o pastor lhe dissera que ele deixasse seu euzinho de lado, e as paixões triviais de seu “eguinho” por uma causa maior de seu eu, Deus, falou-lhe que deveria acolher Deus em seu coração para aplacar o vazio e o medo, e aquilo caiu em sua alma como balsamo acolhedor e o abriu á um eu maior, à uma experiência de amor maior; e ele compreendeu que sua crise e sua dor era o vazio de Deus em seu coração que ela acabava projetando em suas expectativas de vida e das pessoas e aquilo o fazia cair na cadeia de vazio e desespero. A palavra chave desse sermão foi a ressurreição da vida após a morte simbólica de uma grande perda ou uma crise de vida resignificada em uma vida nova e na esperança de um bem maior, foi uma grande experiência no penúltimo dia de meus atendimentos terapêuticos.

E o que eu queria compartilhar com você é: dê um pouco mais de você em nome do amor, ou pelo amor maior, acolha o amor de Deus do pai como sua herança divina e abraça sua divindade interior e permita que o amor restaure sua vida. Esta mensagem chegou à mim através de um vídeo que partilhei no Facebook: “Quem você pensa que é?”, esta reflexão me calou fundo na alma e eu passei a usar no meu instrumental de trabalho despertando nas pessoas esta chama do Cristo como sua identidade celeste que à tudo combate e nos coloca além de nossas experiências para compreendermos aquilo que verdadeiramente somos, aquilo que pensamos a respeito de nós mesmos, refletindo a mensagem do livro de Provérbios cap. 23.; versículo 7 na voz de Bianca Toledo foi uma voz no deserto que me guiou por este ano e aos que caminhavam ao meu lado, e foi esta voz doce que me fez ter a vontade de partilhar com você esta reflexão a respeito daquilo que você pensa à respeito de si mesmo, e poder se mover pelo grande desafio de nos tornarmos o amor e tornarmos a nossa vida uma bênção de Deus.


Quero desejar a você esta bênção de Deus, e peço ao Senhor que te abençoe e que você termine o ano vitorioso em suas lutas e conquistas, que o amor de Deus em você ilumine suas expectativas, suas ações, suas aspirações e propósitos, Deus abençoe a você e todos os amados, muito grato por mais uma jornada partilhada.
Feliz natal e um ano novo de bênçãos no amor de Deus.

Por Paulo Rubens Nascimento Sousa


Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.